Topo

Os grandes escândalos dos concursos de Miss

Comente

Um dos mais famosos concursos de beleza do mundo já passou por inúmeros escândalos. Apesar disso, continua com a mesma fama de sempre, sendo o mais cobiçado entre as modelos.

Os grandes escândalos dos concursos de Miss

Conheça algumas das maiores fofocas e escândalos do mundo das modelos

Miss Mundo de 1973

Com o machismo começando a ser colocado em pauta apenas nos dias atuais, fica possível imaginar o quão machista um concurso desse tipo pode ser. E um dos milhares de ocorridos desse tipo foi com Marjorie Wallace, que foi eleita a primeira norte-americana a vencer o Miss Mundo e, logo depois, também a primeira a perder a coroa. E o motivo machista foi por ela ter sido vista com vários famosos como o cantor Tom Jones e o piloto de Fórmula 1 Peter Revson. O regulamento do concurso proíbe isso. Por causa disso, Marjorie perdeu a coroa 104 dias após a vitória.  

Miss EUA de 1957

Esse foi outro que, mais uma vez, revelou seu caráter machista do concurso. Além de terem descoberto que Mary Leona Gage tinha 18 anos, onde o mínimo exigido para participar do concurso é 21, a modelo também já havia sido casada duas vezes e tinha filhos – ambas características proibidas em qualquer concurso de Miss e, por esse motivo, ela foi desclassificada.

Miss Universo de 1974

Veja também:

A primeira Missa Espanha foi, também, a primeira Miss a renegar o cargo. Sem revelar o motivo, Amparo Muñoz desistiu de ser Miss ao recusar uma viagem ao Japão. A Miss foi procurada pela imprensa por diversas vezes, porém não explicou o motivo do abandono da coroa. Depois disso, tornou-se uma atriz de cinema requisitada, mas acabou se envolvendo com drogas e indo à falência. Amparo morreu em 2011, de um aneurisma cerebral.

Miss Rio de Janeiro de 2012

A candidata vencedora do concurso de Miss Rio de Janeiro de 2012, na verdade, era mineira. Quando as concorrentes descobriram, denunciaram a Miss, além disso, ela ainda era mais baixo e mais nova do que as exigências do concursos. Mesmo assim ela não devolveu a coroa.

Miss Mundo de 1980

Com apenas 18 horas de reinado, a alemã Gabriella Brum devolveu sua coroa alegando pressão do namorado e, principalmente, do próprio concurso, devido a um ensaio nu que a modelo fez e só descobriram depois.

Miss Califórnia de 2009

Também regado à preconceito, este concurso destituiu a Miss por sua resposta feita por um dos juízes. Caroline Michelle “Carrie” Prejean Boller deu sua opinião a respeito do casamento entre pessoas do mesmo sexo e, coincidência ou não, ele era gay. Ela disse que respeitava, mas achava que o casamento deveria acontecer entre homem e mulher. O caso rendeu tanta repercussão que ela foi destituída do cargo.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: