Topo

Mitos, verdades e dicas para prevenir o câncer de mama

5.00 / 5 - 1
Comente

Hoje em dia é muito difícil encontrarmos alguma pessoa que não tenha ou teve algum parte ou amigo muito próximo que sofreu com algum tipo de problema relacionado ao câncer. Afinal de contas, muitos especialistas já definem a doença como o mal do nosso século. Existe uma grande quantidade de tipos diferentes de câncer, o que acaba dificultando muito a pesquisa relacionada a cura desta doença. Apesar da medicina já ter conseguido uma série de avanços no campo do tratamento, grande parte dos procedimentos servem apenas para retardar os efeitos da doença na maioria dos casos.

Dentre os mais diversos tipos de câncer que existem e que são de conhecimento da comunidade cientifica, um deles causa uma preocupação especial em praticamente metade da população mundial, que é o câncer de mama. E neste tipo específico de câncer as vítimas são as mulheres, que precisam conviver com a possibilidade deste câncer surgir de uma hora para outra. Somente no Brasil o câncer está na lista das doenças que mais matam as mulheres, e segundo pesquisas recentes já é a segunda maior causa de morte por tumores aqui em nosso País. O governo tem investido pesado, nos últimos tempos, em campanhas para ajudar as mulheres a prevenir o aparecimento deste tipo de câncer. Além disso, muitas Organizações Não Governamentais também correm atrás do prejuízo, mas mesmo assim a doença continua matando muitas mulheres.

Existem muitos especialistas que concordam com o fato que esta doença acaba fugindo do controle da maioria de suas portadoras, e pode sim aparecer de uma hora para a outra, tornando a reação mais difícil. Mas grande parte deles também são unanimes em concordar que um dos grandes problemas que as mulheres enfrentam neste combate a doença está relacionado a falta de informação, ou ao fato das mulheres terrem conhecimentos equivocados sobre alguns pontos. São os conhecidos mitos  relacionados ao câncer de mama que são muito comuns e que podem atrapalhar na hora da prevenção e do tratamento. Por isso, é muito importante que as mulheres não tenham dúvidas sobre a doença, e isso vale principalmente para as saudáveis, que muitas vezes pensam que as coisas sempre acontecem com os outros, mas nunca consigo mesma.

Vamos então apresentar alguns mitos e também algumas verdades sobre este tumor maligno que aparece nos seios das mulheres, e também vamos dar algumas dicas importante relacionadas a prevenção da doença.

Mitos sobre o câncer

Antes de mais nada informação nunca é demais. Mas também é importante que as mulheres entendam um pouco sobre os processos de separação das informações que são falsas das verdadeiras. É importante separar o joio do trigo  quando o assunto são doenças graves, porque geralmente a desinformação não é tão grave quanto a informação errada que é levada como sendo certa. E uma das principais fontes para tirar esta duvidas é o médico. Portanto, sempre que surgir alguma pergunta relacionada a esta ou qualquer outro tipo de doença, faça uma consulta ao médico de sua confiança.

Em relação aos mitos que circulam muito fortemente em relação ao câncer de mama, vamos apresentar aqui alguns que não são verdade ou que não possuem fundamento cientifico para comprovar se realmente estas informações procedem ou não. Uma das primeiras informações que circulam muito relacionado a doença é sua relação com o stress. Muitas pessoas afirmam que ele é o responsável pelo surgimento da doença, mas isso não é verdade. Não existe nenhuma comprovação cientifica disto.

Muito se fala sobre a disposição genética que a pessoa pode ter sobre a doença, mas nem por isso as pessoas que não tem nenhum caso na família estão livre, este é um erro muito comum. Outra dúvida está relacionado ao silicone nos seios, sendo que algumas pessoas acreditam que este implante pode aumentar os riscos do câncer, mas isso também não foi comprovado. Alguns outros mitos que também circulam bastante estão relacionados ao aborto espontâneo, o uso de desodorante spray, aos alimentos com agrotóxicos e ao uso de sutiã metálico. O uso ou consumo de nenhum destes itens aumenta a probabilidade de surgir o câncer de mama.

Verdades sobre o câncer de mama

Depois de apresentar os boatos, algumas informações que circulam merecem realmente atenção das mulheres, porque já tiveram sua veracidade comprovada pela ciência. Por exemplo, toda mulher que tem casos de família em parentes de primeiro grau, como irmã ou mãe, já está automaticamente no grupo de risco. Não quer dizer que ela vá desenvolver a doença obrigatoriamente, mas existem grandes chances. Outra informação relevante é que este câncer está relacionado a idade, por isso quanto mais idosa a mulher fica mais deve se preocupar com a doenças. Gestações depois dos 30 anos podem aumentar o risco de ter a doença e excesso de peso também deixa a mulher mais suscetível a desenvolver o câncer.

Dicas para prevenir o câncer de mama

Algumas dicas importantes que podem ajudar as mulheres a prevenir o câncer que já foram comprovadas pela comunidade médica:

– Visitas periódicas ao médico e exames em casa são  fundamentais para detectar a doença logo no  seu estágio inicial, o que aumenta muito as chances de cura;

– Uma vida mais saudável também é comprovadamente uma forma de fazer com que a mulher tenha menos chances de desenvolver um câncer de mama. Por isso, é importante manter uma alimentação saudável na maior parte dos dias (dar uma exagerada faz parte, mas apenas de vez em quando), e também a prática de exercícios físicos.

– Outro fator que pode aumentar muito a chance de uma mulher desenvolver o câncer é o vício do cigarro e também o consumo de bebida alcoólica frequentemente. Portanto, a mulher que evitar estes vícios terá menos chance de desenvolver câncer e também uma vida mais saudável.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: