Topo

Atraso na menstruação frequente pode ser ocasionado por ovários policísticos

Comente

Quando um mulher começa a ter uma menstruação de forma irregular, esse pode ser um indicio de um ovário policístico, isso porque pode haver uma alta produção de hormônio masculino chamado testosterona, além da presença de micro cistos no ovário. Ainda não se sabe qual o real motivo para a causa dessa doença, o que se sabe é que ela atinge cerca de 7 e 10% da população feminina no mundo, independentemente da idade.

Atraso na menstruação frequente pode ser ovários policísticos

atraso-menstruacao-ovario-policistico

Saiba quais são os sintomas da síndrome dos ovários policísticos

Um dos principais sintomas da síndrome do ovário policístico é a falta ou deficiência crônica de ovulação, mas existem outros sintomas que podem ajudar a própria paciente ou até mesmo seu médico a identificar o problema como por exemplo:

  • Atrasos na menstruação, desde a primeira menstruação;
  • Aumento de pelos no rosto, seios e abdômen;
  • Obesidade;
  • Acne em excesso.

Vale ressaltar que em alguns casos mais graves a paciente pode ser predisposta ao desenvolvimento de diabetes, doenças cardiovasculares e câncer do endométrio.

Leia também:

Como diagnosticar a síndrome de ovário policístico

Para obter um diagnóstico preciso é necessária a realização de exames clínicos como o ultrassom ginecológico e exames laboratoriais. No caso de mulher que não seja mais virgem, o exame pode ser feito com um ultrassom transvaginal.

Tratamentos e cuidados com a síndrome dos ovários policísticos

O tratamento do ovário policístico depende muito da avaliação médica, que é o que vai determinar o melhor caminho a seguir. O tratamento depende ainda da pretensão que a mulher tem de engravidar, algo que é elucidado mediante a resposta de questionamentos.

O tratamento pode ser feito por anticoncepcionais orais quando não há nenhum desejo de gravidez, por parte da paciente. Muitas mulheres que fizeram o tratamento com anticoncepcionais tiveram bons resultados. Com a pílula a mulher pode controlar um dos sintomas mais incômodos que é o aumento de pelos e acnes, além da menstruação irregular acompanhada de cólicas menstruais. Não existe uma pilula exclusiva para amenizar os sintomas, mas existem pilulas que causam um efeito maior em relação à acne e à pele oleosa. No caso de mulheres que não podem tomar a pílula anticoncepcional, o tratamento é feito a base de progesterona.

Tratamento cirúrgico para ovários policísticos

Outro tipo de tratamento que pode ser feito é o cirúrgico, que não é muito utilizado pelo fato de os resultados com a pilula anticoncepcional costumar ser eficiente.

Antidiabetogênicos orais

Quando a paciente tem algum tipo de associação da síndrome do ovário policístico com resistência à insulina, o tratamento pode ser feito com medicamentos para diabetes.

Ovulação

No caso da paciente ter o desejo de engravidar, o médico poderá lhe indicar o  tratamento de indução da ovulação, mas sem afastar as possibilidade de outras causas para a infertilidade. Esse tratamento não deve ser feito em mulheres que tenham interesse em engravidar.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: