Letra da Música: Carro de Bigode - Francisco Petrônio

Esse letra de Francisco Petrônio já foi acessado por 374 pessoas.

1.00 / 5 - 1
Comente

O vovô, agarra a direção,
E com a outra mão, torce o bigodão,
Segue a vinte à hora, que emoção,
Olha o poste, olha o burro.
(fom, fom).

A vovó, de mão, no coração,
Saia de balão, medo na expressão,
E as mocinhas, laços em profusão,
Vão dançar, na Avenida São João.

Shots no salão,
Óh, que sensação
Que ocasião,
Pra declaração,
Me permite então ?
Lhe pegar na mão.
Ó João, isso não! Isso não !

Óh, João isso não !
Isso não, isso não !!!

A vovó, de mão, no coração,
Saia de balão, medo na expressão,
E as mocinhas, laços em profusão,
Vão dançar, na Avenida São João.

Shots no salão,
Óh, que sensação
Que ocasião,
Pra declaração,
Me permite então ?
Lhe pegar na mão.
Ó João, isso não! Isso não !

Óh, João isso não !
Isso não, isso não !!!

Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!