Letra da Música: Innocence (Tradução) - Deborah Blando

Esse letra de Deborah Blando já foi acessado por 1647 pessoas.

2.00 / 5 - 1
Comente

A música Innocence fez muito sucesso quando foi gravada por Deborah Blando. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Deborah Blando e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


O céu esconde o que eu queria ver
Estrelas são olhos na escuridão
Noite inundada pela imensidão
Invade as portas da solidão
No universo nada é separado,
Nada é excomungado, é só união
O resto é ilusão
Entre o caos e a ordem se fez
A conciliação

(chorus)

Ooh-ooh-ooh
De quem é sanidade,
Se tens medo com pedras nas mãos?
Ooh-ooh-ooh
De quem é a verdade
Quando ainda lavam-se as mãos?

Queria ter uma vida normal
Queria poder sentir mais igual
Poder dormir quando a noite vem
Sonhar com flores caindo das mãos
Mas há uma cruz pesada, são espinhos
Que não param de sangrar em vão
Sangrando então
Todas as culpas inventadas
Derramadas no chão

Ooh-ooh-ooh
De quem é sanidade,
Se tens medo com pedras nas mãos?
Ooh-ooh-ooh
De quem é a verdade
Quando ainda lavam-se as mãos?


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (1) Postar um Comentário

    claudia comentou:

    Essa musica faz coisas, mexe com o interior da pessoa