Topo

Johnny Depp não é o único: relembre atores e atrizes que foram demitidos dos seus papeis

Comente

Quem pensa que os grandes astros e as estrelas do cinema mundial também não enfrentam problemas trabalhistas está muito enganado. É claro que, quando isso acontece, os termos e as negociações são muito diferentes dos trabalhadores comuns. Mas o fato é que existem diversos atores e atrizes que simplesmente já foram demitidos de papeis que estavam fazendo. E, na grande maioria dos casos, isso está relacionado a vida pública das celebridades. 

Um dos casos mais recentes e que se tornou bastante comentado foi a demissão de Johnny Depp do papel de Grindelwald da franquia de filmes “Animais Fantásticos”, derivada do mundo de Harry Potter. A notícia oficial é que o ator foi quem pediu demissão, mas isso teria acontecido somente depois de muita pressão de parte do estúdio e dos produtores dos filmes. 

Segundo a imprensa internacional, a decisão foi tomada depois que o ator saiu derrotado de um processo de difamação que estava movendo contra um jornal britânico. O próprio ator preferiu dar a notícia através de um post na sua conta oficial do Instagram. No texto, ele deixa claro que foi “convidado” a pedir demissão, e que o pedido teria sido feito diretamente pela alta cúpula da Warner Bros, produtora dos filmes. 

Veja também:

"Gostaria de comunicar a vocês que fui convidado a pedir demissão do papel de Grindelwald em "Animais Fantásticos" pela Warner Bros. e que respeitei e acatei esse pedido", escreveu o ator.

Mas Johnny não foi o único. Relembre outras celebridades que também acabaram sendo convidadas a se retirar:

Roseanne Barr

A atriz era não apenas a protagonista como fazia uma série que levava o seu próprio nome, Raoseanne. Seria realmente muito complicado fazer com que ela se demitisse do próprio show de televisão, mas foi o que acabou acontecendo. A atriz utilizou a sua conta no Twitter para fazer um comentário racistas sobre uma das conselheiras de Barack Obama durante a presidência dele. A emissora de televisão ABC não teve outra saída se não demitir a estrela. 

Kevin Spacey

Outro caso que também acabou se tornando famoso no mundo inteiro foi o de Kevin Spacey, considerado como um dos maiores astros do cinema e da televisão norte-americano. Boatos sobre o temperamento nada amigável de Kevin durante as gravações sempre existiram, mas depois que um ator chamado A Anthony Rapp afirmou que foi abusado sexualmente pelo ator quando tinha apenas 14 anos de idade as coisas ficaram realmente muito ruins para Spacey. Como o ator estava com a série House of Cards em andamento, a saída encontrada pela Netflix foi matar o personagem para dar um desfecho para a série. 

Jeffrey Tambor

O veterano da televisão norte-americana conseguiu ganhar um maior destaque com a série Transparent. Mas o ator também não resistiu a onda de denuncias de casos de assédio que acabou varrendo como se fosse um furacão a cena norte-americana do entretenimento. A colega de cena de Tambor, Trace Lysette, foi quem fez a denúncia que acabou colocando um ponto final na carreira do ator. Ela afirmou que foi abordada pelo astro diversas vezes nos bastidores da série, e que ele fazia movimentos rápidos contra o seu corpo. Na mesma onda, outra atriz da produção, Van Barnes, também acabou confirmando os relatos. 

Ryan Gosling

Mas nem toda a demissão acontece por problemas relacionados a vida da estrela e escândalos da sua vida particular. Foi o caso do ator Ryan Gosling, que foi demitido poucos dias antes de iniciar as gravações do filme Um Olhar no Paraíso, dirigido por Peter Jackson. E isso aconteceu porque o astro simplesmente chegou no local das gravações com 27 quilos a mais do que estava no momento da assinatura do contrato. O ator afirmou que o diretor não discutiu o visual do personagem, e por isso não sabia que tinha que se manter em forma. Com isso, Peter resolveu simplesmente cortar o ator. Na época, o ator comentou: “Nós tínhamos uma ideia diferente de como o personagem deveria aparentar. Eu realmente acreditava que ele deveria pesar 95 quilos”. 

Charlie Sheen

Fica praticamente impossível fazer qualquer tipo de lista sobre celebridades norte-americanas com sérios problemas sem citar Charlie Sheen. Ele sempre teve uma vida muito polemica, com envolvimento com drogas, bebida, além de diversos relacionamentos amorosos rápidos. Mas o mundo acabou sendo pego de surpresa quando a produção a série Two and a Half Men, um dos maiores sucessos da televisão norte-americana, anunciou que o ator deixaria a produção na oitava temporada. Na época, ele estava envolvido com drogas e também teria discutido muito com a equipe de produção da trama. Com isso, Ashton Kutcher acabou sendo colocado na trama para substituir Charlie. 

Terrence Howard

Essa foi uma demissão que ainda permanece um grande mistério, sendo que poucas pessoas costumam falar publicamente sobre o ocorrido, tão pouco os diretamente envolvidos. Mas no começo do desenvolvimento do Universo Marvel nos cinemas, com o primeiro filme do Homem de Ferro, o ator aparecia no papel de Jim Rhodes, amigo próximo de Tony Stark que depois se transformaria no herói Máquina de Guerra. Mas a partir do segundo filme o papel foi interpretado por Don Cheadle, que seguiu nos demais filmes da franquia. Oficialmente não existe um motivo para a troca, mas de acordo com a imprensa internacional, o problema seria o salário do ator, que era mais alto do que todos no elenco. 


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: