Topo

"Black Friday": se arrependeu ou caiu em armadilhas? Descubra como resolver

Comente

A Black Friday é um dia de promoções e descontos que começou nos Estados Unidos e que hoje em dia é realizado em diversos países, incluindo o Brasil. A edição nacional aconteceu na última sexta-feira, dia 29 de novembro, no mesmo dia que aconteceu a promoção nos Estados Unidos. Esta é uma data importante porque marca o início das vendas em um dos períodos mais importantes para o comércio, o nata e o fina de ano.

Por aqui as reclamações nas últimas edições transformaram o Black Friday em “Black Fraude”, devido a grande quantidade de problemas que os consumidores encontraram. A reclamação mais comum eram de empresas que subiam o preço das suas mercadorias alguns dias antes para depois dar um desconto em cima do valor alterado. Mas outros problemas mais graves, como a não entrega do produto, também foram registrados durante o dia de vendas.

armadilhas-black-friday

O PROCON criou uma mobilização na internet para que os consumidores conseguissem identificar algumas lojas que poderiam representar uma armadilha na hora da compra. Mas grande parte dos consumidores acabaram enfrentando problemas com as gigantes do setor.

Confira alguns dos principais problemas que aconteceram ou que podem acontecer e confira também algumas dicas para resolver.

Produto não consta mais no estoque

Muitos são os casos de consumidores que conseguiram finalizar a compra, pagando por elas inclusive, e acabaram notando depois que o produto não estava mais em estoque. Neste caso, o consumidor tem todo o direito de solicitar a devolução total do dinheiro, seja ela via depósito em conta nos casos do pagamento a vista com dinheiro, ou seja com a restituição do valor no cartão de crédito.

Descumprimento da data de entrega

Outro grande problema que acontece com as compras nesta época. Na hora da vendas as lojas muitas vezes acabam prometendo uma data de entrega que não conseguem cumprir. Neste caso, o consumidor poderá optar por cancelar a sua compra, e receber o dinheiro de volta, ou aguardar um novo prazo.

Direito ao arrependimento

Apesar de ser um direito que acaba não sendo divulgado pelas empresas, o consumidor tem todo o direito de desistir de uma compra feita pela internet da mesma forma que tem o direito de desistir de uma compra feita em loja física. O prazo máximo é de sete dias, mas o consumidor precisa devolver o produto sem qualquer sinal de utilização.

Desconto enganador

O cliente também pode ficar de olho nas falsas promessas de desconto que muitas empresas acabam fazendo durante o Black Friday. O Procon afirma que este tipo de prática pode ser considerada como propaganda enganosa, e que o cliente tem todo o direito de reclamar junto aos órgãos responsáveis.

Para conseguir embasar a reclamação, é importante que os consumidores tenham provas que o preço acabou sendo aumentado para posteriormente ter sido dado um desconto em cima de um valor que não é o original do produto. O consumidor poderá tirar prints da tela, de preferencia incluindo na tela o dia e a hora, e também poderá anexar e-mails enviados com ofertas na reclamação.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: