Topo

Especialistas dão dicas para quem deseja se sobressair como pai

Comente

Atualmente ainda é possível encontrar pais que nutrem a crença de que a educação infantil deve ser acompanhada exclusivamente pela mãe, um ledo engano.

De acordo com especialistas, um bom pai é aquele que além de prover as necessidades básicas da família, participa efetivamente do processo de formação do pequeno, gastando tempo com o desenvolvimento psicológico, social, e educacional do mesmo.

Com base nas opiniões de especialistas, listamos a seguir uma série de dicas que podem ajudar aqueles que desejam se sobressair no papel de pai. Confira!

Especialistas dão dicas para quem deseja se sobressair como pai

dicas-para-os-pais

Seja presente

Não seja um pai presente apenas nos momentos obrigatórios (casos de doença ou notas baixas na escola), um bom pai tende a ser ativo e participativo no dia-a-dia da criança de forma constante. Esse processo ajuda a criar um interessante vínculo com o filho, pelo que, ele saberá que poderá contar com o pai para tudo o que precisar.

Não misture presente com presença

Quando uma criança faz algo que desagrada os pais, a primeira coisa que eles esbravejam é: não lhe falta nada em casa, porque este comportamento? Diante disso, a pergunta que devemos nos fazer é: será que realmente não está faltando nada?

Lembre-se de que presentes são sempre bem-vindos, mas, isso não é tudo que uma criança necessita. Os pequenos também precisam de atenção, carinho, e principalmente a presença dos pais para se sentirem seguros e protegidos.

Leia também:

Dê carinho

Alguns pais são machistas, e evitam beijar ou abraçar os filhos, o fato, porém, é que demonstrar carinho não é algo antiquado ou feio. Os pais não só podem como devem mostrar de forma carinhosa todo amor paterno que sentem pelo filho.

Tenha autoridade, mas, não seja autoritário

Muitos pais se confundem na hora de mostrar autoridade, pelo que, acabam chamando a atenção de seus filhos com berros e ameaças.

De acordo com especialistas, isso é extremamente prejudicial ao desenvolvimento das crianças, isso porque dessa forma elas serão forçadas a realizar alguma coisa apenas para cumprir uma ordem, sem sequer saber o motivo pelo qual a estão cumprindo. Filhos de pais autoritários tendem a crescer tímidas e temerosas em expressar sentimentos.

Tenha seu próprio espaço

Muitas mães não acreditam que o pai seja capaz de ajudar nos cuidados com o filho, pelo que, acabam preferindo cuidar sozinhas do mesmo. Nesse momento o pai precisa dialogar com a mãe da criança e delimitar o espaço que cada um terá no processo educacional, é importante que nenhum tire a autoridade do outro.

Seja uma boa pessoa

De acordo com especialistas, o ambiente em que a criança é criada influencia na formação de seu caráter e personalidade. Para ser um bom pai é necessário primeiro ser uma boa pessoa na sociedade e dentro de casa com a família, pense nisso.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: