Topo

Como se comportar em uma entrevista de emprego

Comente

Conseguir um bom emprego é o sonho da maioria absoluta das pessoas que sonham com um estilo de vida melhor no futuro, entretanto, para atingir esse objetivo é preciso seguir alguns passos básicos, o que inclui invariavelmente o desafio da entrevista de emprego.

O fato, porém, é que muitas pessoas não conseguem se sair bem no processo de recrutamento, pelo que, acabam ficando desiludidas e até mesmo duvidando do próprio potencial enquanto profissionais. Para auxiliar aqueles que enfrentam esse tipo de problema, decidimos pesquisar e trazer uma série de dicas baseadas na opinião de profissionais da área de recrutamento, essas dicas não só ajudarão a melhorar o desempenho durante a entrevista, como também poderão contribuir para uma melhora no perfil profissional do trabalhador. Confira!

Como se comportar em uma entrevista de emprego

Como se comportar em uma entrevista de emprego

Sinceridade é tudo

Todo profissional precisa entender que durante uma entrevista de emprego existem dois interesses distintos em jogo. De um lado há o interesse da empresa que está oferecendo a vaga, ou seja, essa empresa já traçou um perfil do profissional que ela espera ter em seu quadro de funcionários e já tem definido o que esperar do candidato à vaga.

Do outro lado há o trabalhador que está se candidatando à vaga, ele não sabe quais são os critérios definidos pela empresa para que possa conquistar a oportunidade, tudo o que ele sabe é que a empresa tem uma vaga para o cargo X e eventualmente o seu salário previsto. Apesar desse profissional desejar se enquadrar no perfil exigido pela empresa, ele também tem seus anseios, seus pontos de vista e suas necessidades.

Partindo do princípio de que uma parceria entre funcionário e empresa só pode ser perfeita quando as expectativas de ambas as partes estão sendo atendidas, o melhor caminho para um profissional durante a entrevista de emprego é ser o mais sincero possível em relação às suas respostas, pois, fingir ser algo que não é para conseguir a vaga só gerará insatisfação a médio/longo prazo, desgastando inevitavelmente a relação profissional e culminando com a demissão.

Conhecer as próprias virtudes e defeitos é importante

Os profissionais que lidam com as contratações nas empresas geralmente não possuem muito tempo para dispor a um único candidato, por mais impressionante que ele seja. Sabendo disso, antes de entrar em uma sala de entrevista de emprego, é importante definir claramente quais são as próprias virtudes e defeitos, para que durante a entrevista possa ser o mais sucinto possível na resposta de perguntas básicas entrevistas de emprego.

As perguntas mais comuns são:

  • Quais são seus principais pontos fortes?
  • Quais são seus principais defeitos ou pontos fracos?
  • Em que você acha que pode melhorar?

Para responder claramente essas três perguntas (ou perguntas similares a essas) tenha definido pelo menos 5 pontos positivos e 5 pontos negativos. Reconhecer que erra não é algo feio, contudo, é importante demonstrar também uma real preocupação em melhorar aquilo que considera como ponto fraco.

Não se deve atribuir importância maior do que a necessária à vaga

Quando desejamos muito algo que não depende exclusivamente de nós, a tendência é ficarmos nervosos e ansiosos, o que no caso de uma entrevista de emprego pode acabar sendo prejudicial. Partindo desse princípio, a melhor é acreditar que a vaga já foi conquistada e que, portanto, a entrevista é apenas mais uma de suas atividades enquanto novo funcionário da empresa, isso ajuda aumentar a autoconfiança.

Leia também:

Saber os limites da timidez é importante

A timidez não é uma característica negativa, contudo, ela pode se revelar um problema a partir do momento em que começa a revelar insegurança no perfil profissional. Para conseguir uma vaga de emprego, é importante que o candidato seja convicto de suas qualidades, demonstrando isso através de suas palavras e ações.

Quando a timidez atinge um estágio muito elevado, é comum que o profissional acabe não conseguindo se expressar como deveria para conseguir transmitir autoconfiança, o que naturalmente será prejudicial durante o processo de recrutamento.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: