Topo

Educação no Brasil evolui, mas permanece nas últimas posições em ranking

Comente

O Brasil é um dos países mais promissores do mundo, entretanto, todo o contexto positivo no qual vive a economia e outras áreas do desenvolvimento no País às vésperas da Copa do Mundo no País, não têm sido suficientes para elevar de maneira satisfatória as aspirações em um outro setor que é, indubitavelmente, a chave para uma nação desenvolvida – o da educação.

O PISA (Sigla em Inglês para “Programa Internacional de Avaliação de Estudantes”) divulgou nessa semana os dados do último levantamento educacional realizado em diversos países do Mundo, apesar da evolução na performance dos brasileiros, o País segue ocupando as últimas posições do ranking, algo que poderia ser encarado como um alerta de que a educação ainda caminha a passos lentos por aqui, na sequência você confere maiores detalhes sobre o assunto.

Educação no Brasil evolui, mas permanece nas últimas posições em ranking

educacao-brasil-evolui-mas-continua-entre-as-ultimas

A avaliação do Pisa

De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a avaliação do PISA ocorre a cada três anos, e participam da avaliação os estudantes com faixa etária de até 15 anos de idade, prestes a concluir o ciclo básico de ensino.

Ainda de acordo com o que foi dito pela organização, a avaliação é destinada a medir o aprendizado dos alunos em relação ao aprendizado de conceitos vistos como essencialmente importantes no desenvolvimento de indivíduos capazes de enquadrarem-se participativamente em um conceito de comunidade moderna.

O ranking é elaborado a partir da avaliação de três pilares básicos da educação, sendo eles, leitura, matemática e ciências, nessa última avaliação o foco foi voltado para a área de matemática.

Os resultados do Brasil de acordo com o Pisa

As informações dão conta que, entre os resultados de 2003 e 2012, 60 Países estiveram presente nas avaliações dos dois anos, e essa última edição contou com a participação de outros Países, totalizando 65, dentre os quais o Brasil aparece agora na 58ª posição no ranking de conhecimentos relacionados à Matemática, uma evolução de apenas duas posições em relação a 2009.

Para se ter uma noção mais ampla acerca dos resultados do País, é importante mostrar que, a média de desempenho dos brasileiros subiu de 356 para 391, ou seja, um acréscimo de 35 pontos que, apesar de considerável, ficou ainda mais de 100 pontos abaixo da média dos Países que compõem a OCDE, que é de 494 pontos, o País, porém, foi o que mais evoluiu percentualmente.

Apesar dos modestos avanços realizados pelo nível de educação no Brasil, o ministro Aloizio Mercadante classificou o resultado como uma “grande vitória” para o setor educacional brasileiro.

Ainda acerca do panorama da educação brasileira no ranking do PISA, o ministro utilizou-se de uma figura de linguagem envolvendo foto e filme, que segundo nossa interpretação, tem o objetivo de mostrar que o resultado isolado do último ranking, de fato, não é satisfatório, mas, se levado em consideração o “filme”, ou seja, os números de avaliações anteriores, o resultado pode ser visto como algo positivo. Ele ainda assegurou que é necessária uma postura mais agressiva e distante do comodismo para que haja mais evolução no contexto educacional, especialmente no que diz respeito ao ensino médio.

Os destaques e informações adicionais sobre o ranking educacional do Pisa

Os Países que obtiveram os melhores resultados na avaliação do Pisa, especialmente no que diz respeito aos conhecimentos Matemáticos, foram China (Xangai), Cingapura, Hong Kong, Taiwan, Coreia do Sul, Macau e Japão, vale ressaltar que, a China (Xangai), foi também o destaque nos resultados relacionados a leitura e ciências.

Dentre os Países da América Latina, o Brasil ficou à frente de Argentina, Peru e Colômbia, perdendo para México, Costa Rica, Uruguai e Chile. No ranking geral o País ficou à frente ainda de Jordânia, Indonésia, Qatar e Tunísia.

De acordo com um relatório destacado pela OCDE levando em consideração apenas a evolução Brasileira, o País teve evolução significativa entre 2003 e 2012 no que diz respeito a Matemática, enquanto evoluiu em leitura de 2000 a 2012 e em ciências de 2006 a 2012.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: