Mário e Joca lembram das travessuras que aprontavam quando eram estudantes. - Resumo Ribeirão do Tempo

Capítulo de 19/07/2017

Comente

Joca diz ao amigo que está precisando de uma arma. Léia fala para Flores que está aflita, pois estão querendo matar Joca.

Flores explica a Léia que ela tem que procurar saber quais são os planos de Joca e a consola. O detetive atrapalhado explica para Mário que quer a arma para se defender, pois tem gente querendo matá-lo.

Mário dá ao amigo uma arma que não é legalizada. Lílian diz a Nicolau que a hora que quiser pode tirar a licença.

Nicolau garante a Beatriz e a Larissa que Lílian vai sair da fazenda em breve. Em reunião com Bruno, Teixeira e mais três executivos, Arminda avisa que foi marcada a audiência pública para a discussão do resort.

Ellen explica a Patrícia que a Secretaria do Meio Ambiente se opõe a algumas partes do projeto. Tito passa a lista dos credores que devem receber para Iara.

Beatriz pergunta a secretária de Arminda como é a vida profissional da executiva. Nicolau diz a Lincon que não tem tempo para cuidar do jornal, então vai colocar Lílian para trabalhar como sua representante.

Beatriz fala para Arminda que Nicolau precisa dela, pois é muito sozinho e a aconselha a casar-se logo com ele. Ari faz campanha eleitoral na praça.

Ari pede a Flores apoio para sua candidatura. Querêncio pinta uma tela, concentrado.

Flores explica a Ari que precisa ouvir os dois lados antes de decidir qual vai ser o voto dele. Ari conversa insinuante com Fátima.

Tito conta à Filomena que está tudo certo no banco. Passam-se alguns dias.

Karina vê o convite de casamento de Tito e Filomena e briga com a mãe por ela ter escondido o convite.






Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!