Conheça os Personagens da Novela Ribeirão do Tempo

Comente

A novela Ribeirão do Tempo é transmitida pela TV Record desde maio de 2010 e tem como cenário a cidade de mesmo nome. De autoria de Marcílio Moraes e direção geral de Edgard Miranda, a telenovela combina humor e política, abordando temas como democracia, ditadura, preservação histórica e do meio ambiente.

Desde o início da trama a calmaria e a tranquilidade abandonam os personagens dando lugar a dias agitados. A multinacional presidida por Madame Durrel investe pesado na cidade. Por outro lado os esportes radicais atraem turistas para o local. Além disso, uma série de crimes bárbaros aterrorizam os cidadãos. Entre os personagens principais estão:

Juliana Baroni como Karina

É uma garota orgulhosa e que odeia pobre. É filha de Dr. Bruno e Célia, uma família tradicional e decadente. Tentou trabalhar como modelo, mas não foi adiante e abriu uma butique na cidade. Tem o interesse de se casar bem e é a noiva de Tito, que satisfaz seu objetivo. Mas para ficar com o que acha ser seu de direito torna-se uma pessoa perigosa.

A atriz Juliana Baroni é filha de Riva e Rui Baroni e irmã mais velha de Rui Fernando e Jovana. Começou a carreira como assistente de palco, paquita, do programa da Xuxa, onde ficou por cinco anos. Em seguida participou de diversas novelas na Rede Globo, como por exemplo, Cara e Coroa, Salsa e Merengue, Malhação, Uga Uga, Senhora das Águas e O Profeta.

Também participou do filme de Miguel Falabella, Polaróides Urbanas, onde interpretou uma garota que gostava de seduzir e maltratar os homens e foi protagonista da novela da Rede Bandeirantes, Dance Dance Dance.

Ângelo Paes Leme como Tito

Uma pessoa de bom caráter, ambicioso e batalhador que pratica esportes radicais e tem todas as mulheres suspirando por ele. Por isso é bastante vaidoso. Passou grande parte da juventude no exterior dedicando-se aos esportes preferidos e voltou ao Brasil após a morte do pai para assumir os negócios da família. Tem a inimizade de Érico e seu filho por ter reavido a propriedade que era de seu pai e estava nas mãos dos dois. É o noivo de Karina.

Ângelo iniciou sua carreira como ator por acaso em 1989, quando foi convidado por uma vizinha para substituir um ator numa peça de fim de ano no Teatro Tablado, no Rio de Janeiro. Na televisão, sua estreia aconteceu em 1993, na minissérie Contos de Verão. Fez sucesso na novela de Manuel Carlos, História de Amor, em 1995. Participou de outras minisséries e novelas na Rede Globo, mas foi contratado pela Rede Record em 2006. Participou de alguns filmes como, Muito Gelo e Dois Dedos D’Água e Meu Nome Não é Johnny. É casado com a atriz Anna Sophia Folch desde 2008.

Bianca Rinaldi como Arminda

Comanda o conglomerado de empresas de Eleonora Durrel. É uma pessoa fria, racional e que se preocupa muito com o trabalho. Porém esconde uma paixão que irá causar uma virada em sua vida. Ela tem uma atração irresistível por Joca que é recíproca.

Aos quinze anos de idade, Bianca Rinaldi, começou sua carreira na Rede Globo também como paquita do programa da Xuxa. Ela e Juliana Baroni eram amigas e ficaram juntas no programa por cinco anos. Começou a estudar arte e interpretação aos 19 anos e assim iniciou seus trabalhos na TV e no teatro.

Interpretou a professora Úrsula em Malhação, na Rede Globo. Depois foi para o SBT onde participou da novela Chiquititas e foi protagonista nas telenovelas Pícara Sonhadora e A Pequena Travessa. Em 2004 foi para Rede Record, convidada pelo diretor Herval Rossano para interpretar Isaura, na novela Escrava Isaura. Depois realizou outras novelas na emissora. Bianca é casada com o produtor cultural Eduardo Menga e tem duas filhas, Beatriz e Sofia.

Caio Junqueira como Joca

Um homem inteligente, boa gente, sensível e que já teve diversas profissões. Foi contínuo, balconista, ajudante de caminhão entre outras diversas atividades. Trabalha como guia turístico, mas aposta as fichas na profissão de detetive, por conta de um curso por correspondência que realizou. Começa a investigação de um assassinato na cidade e através dele conhece a mulher por quem se apaixona: Arminda.

Filho do ator Fábio Junqueira e irmão do também ator Jonas Torres, Caio Junqueira participou de diversas minisséries como, Engraçadinha, Chiquinha Gonzaga, Aquarela do Brasil e novelas como A Viagem, Barriga de Aluguel e Paraíso Tropical, na Rede Globo.

Liliana Castro como Filomena

Sua mãe morreu no parto. Não tem charme, mas é simpática, carismática e inteligente. Sabe que não possui muitos atrativos e brinca com esta situação. Costuma passear sozinha com sua amiga Carmem. Para se manter trabalha como garçonete. Envolve-se com Tito e abala a amizade que tem com Karina. Seu maior problema é o pai Querêncio.

Liliana é filha de diplomata e viveu em vários países, como por exemplo, Itália e Venezuela. Começou a carreira como atriz aos 10 anos de idade com peças amadoras. Depois fez faculdade de teatro e foi trabalhar com Antônio Abujamra em As Fúrias. Participou de cinco filmes e diversas peças de teatro. Além disso, fez parte da Companhia Armazém.

Jaqueline Laurence como Eleonora Durrel

Os habitantes não sabem, mas ela nasceu em Ribeirão e viveu ali até sua juventude na pobreza. Retorna a cidade vinda da Europa rica e misteriosa. Para ir ao exterior abandonou o filho e se juntou a um homem com quem se casou. Volta à cidade para encontrar o filho perdido.

Jaqueline é atriz e diretora francesa naturalizada brasileira. Irmã do jornalista Michel Laurence, a atriz veio para o Brasil quando era adolescente, acompanhando o pai que era jornalista.

De 1955 a 1957 participou da primeira turma da Fundação Brasileira de Teatro (FBT) e posteriormente de O Tablado e A Comunidade.

Taumaturgo Ferreira como Querêncio

Pai de Filomena, viúvo, é engraçado, espirituoso e maluco. Cultiva uma mania de grandeza e passa maior parte do tempo bêbado. Vive sem dinheiro, pois o pouco que ganha gasta com noitadas. É praticamente sustentado pela filha, mas vive dizendo que vai dar um jeito. Sempre promete parar de beber, mas não consegue cumprir.

O ator Antônio Taumaturgo iniciou a carreira de ator na Rede Bandeirantes em 1980 onde realizou diversas novelas. Foi para a Rede Globo cinco anos depois quando participou da minissérie Grande Sertão: Veredas. Fez outras novelas, passou rapidamente pela Bandeirantes novamente, depois pelo SBT e entrou da Rede Record em 2006. Participou de cinco filmes, entre eles Cleópatra de Júlio Bressane e Kuarup de Ruy Guerra.

Giuseppe Oristanio como Bruno

Ele nasceu em Ribeirão, mas morou boa parte da vida com os familiares no Rio de Janeiro. É o pai de Karina e Marido de Célia e só voltou à cidade por falta de perspectiva profissional. Sua situação muda quando começa a trabalhar para Madame Durrel na Patrimônio Eterno.

Giuseppe deu início a sua carreira no teatro amador, na década de 70. Teve participação na última novela da extinta Rede Tupi, Como Salvar Meu Casamento, que não teve seu final exibido. Depois disso passou várias vezes pelas emissoras de televisão.

Foi para Bandeirantes onde teve papéis de destaque nas novelas. Na década de 80 passou a se dedicar mais ao teatro. Teve uma passagem pela Globo em 1988 quando participou da novela Vida Nova e em seguida foi para Rede Manchete, onde protagonizou a novela Kananda do Japão.

Em 1993 voltou a Rede Globo onde participou de duas novelas: Fera Ferida e Irmãos Coragem. Foi para o SBT e depois voltou para a Bandeirantes. Chega a Record em 1997 onde narra algumas minisséries bíblicas. Volta a Globo para participar por três anos de Malhação e em seguida da novela A Lua Me Disse. Voltou a Rede Record em 2006.

Além da carreira na TV, Giuseppe atua em várias peças teatrais como Qualquer gato vira-lata tem uma vida sexual mais sadia do que a nossa, de Juca Oliveira e Maracutaias de Miguel Falabella. Giuseppe é casado e tem quatro filhos.

Henrique Martins como Érico

Nasceu em Ribeirão, foi político desde a juventude, passando por diversos partidos e cargos e a atualmente é Senador da República. É respeitado e conceituado entre os chefes políticos que o conhecem e sabem que nenhum prefeito é eleito sem seu apoio. Fez fortuna na política e para criar raízes na cidade também comprou uma fazenda na região. É casado com D. Beatriz e pai de Nicolau.

O ator e diretor Hanez Schlesinger usa Henríque Martins como seu nome artístico. Nasceu em Berlim e veio cedo para o Brasil com os pais. Aprendeu o ofício de costureiro com o pai e exerceu a profissão até ficar adulto.

Passou no primeiro teste que fez para rádio-ator e nunca mais abandonou o rádio. Passou para televisão onde fez diversos trabalhos. Mudou de emissoras diversas vezes, passando pela TV Tupi do Rio de Janeiro, TV Rio, TV Globo, TV Excelsior, TV Bandeirantes e SBT. Trabalhou nessas emissoras como ator e também como diretor. É casado com Paula e tem três filhos.



Saiba Mais