Topo

Faça clara em neve perfeita para suas receitas

3.00 / 5 - 2
Comente

Algo bastante comum àquelas que se aventuram na cozinha, e até mesmo às que já possuem experiência na arte da culinária, é a necessidade de fazer clara em ovos para obter os melhores resultados em determinadas receitas, o problema maior é que nem sempre é tão simples fazer essa espuma da clara do ovo, sendo tampouco possível adquiri-la em supermercados.

Diante da dificuldade encontrada no momento de preparar a clara em neve, muitas pessoas acabam abandonando ou improvisando a receita, o que eventualmente gera resultados aquém dos esperados, para que isso não aconteça mais a partir de agora, traremos na sequência dessa publicação as mais detalhadas dicas para quem deseja aprender fazer uma clara em neve de uma maneira perfeita.

Faça clara em neve perfeita para suas receitas

Beating Egg Whites

Antes de qualquer outra coisa é importante entender que a formação da clara em neve que é preparada exclusivamente com a clara do ovo, se dá quando as proteínas contidas na clara começam a se interligar formando uma espécie de rede de apoio ao redor das bolhas de ar formadas devido ao movimento realizado com o batedor, daí a necessidade de regular a intensidade para conseguir os melhores resultados, dito isso, vamos agora às demais dicas.

O que usar para fazer clara em neve

Não existe nenhuma regra que determine que para fazer a clara em neve seja necessário um equipamento elétrico, aliás, é possível atingir resultados tão bons quanto os da batedeira, utilizando tão somente um batedor manual de claras, um utensílio de cozinha em formato de balão que é repleto de fiozinhos, que são os responsáveis pela incorporação de ar na clara.

Existe um outro utensílio similar ao batedor manual chamado de mixer que também pode ser utilizado ao objetivo, além disso, quem possui batedeira elétrica pode, sem dúvida, utilizá-la, afinal o processo se tornará ainda mais prático.

Como fazer a clara em neve

Quem vai adquirir uma batedeira para fazer a clara em neve, pode desejar optar por uma batedeira elétrica Planetária, esse equipamento além do giro tradicional do batedor, percorre toda a parte da clara para bater de maneira uniforme, tornando assim mais rápido o processo. Dito isso, a primeira dica para fazer uma boa clara em neve é começar a batida em uma baixa velocidade, aumentando-a na medida em que a mistura vai ganhando mais consistência.

Uma dica para quem está fazendo a clara independentemente da ferramenta escolhida para bater, é utilizar um recipiente fundo, afinal, o volume inicial aumentará exponencialmente e precisará ser comportado em sua totalidade na vasilha para que nada se perca.

Vale ressaltar que quem vai utilizar o mixer para conseguir fazer a clara, deve mantê-lo sempre em movimento para que a clara ganhe consistência de maneira uniforme, algo similar pode ser dito em relação a quem vai utilizar o batedor manual comum, a diferença é que, para alcançar resultados ainda melhores é importante fazer movimentos de baixo pra cima em forma de círculos para que o ar seja melhor incorporado à mistura, nos dois casos a batida precisa ser frequente e sem descanso para evitar que o resultado seja comprometido.

Como separar a clara da gema

Separar a clara da gema não é tarefa das mais fáceis de fato, entretanto, é totalmente possível. Uma das melhores maneiras de separar a clara da gema é, primeiramente segurar o ovo deitado em uma das mãos sobre o recipiente no qual a clara deverá ficar, em seguida, utilizar uma faca para bater bem no meio do ovo em um procedimento que normalmente resultará em uma fenda dividindo-o em duas partes. A partir desse momento basta localizar em qual dos dois lados a gema se encontra, e então despejar na vasilha o conteúdo do lado que contém somente a clara, feito isso, basta jogar a gema para a outra parte, para assim escorrer o restante da clara.

Um detalhe que comumente passa despercebido por muitos, é que resquícios da gema podem acabar sobrando durante o processo de separação, portanto, antes mesmo de iniciar a batida é necessário certificar-se de que a clara está pura, do contrário o resultado poderá ser comprometido visto que a gordura da gema poderá impedir a formação da espuma, se uma pequena quantidade for diagnosticada é possível removê-la com uma colher.

Um ponto que vale a pena ressaltar é que jamais se deve abrir os ovos diretamente na vasilha onde irá ser feita a clara em neve, isso porque dessa forma evita-se riscos de acabar colocando um ovo podre que poderá vir a acabar com toda a receita.

Leia também:

Melhor ovo para clara em neve de acordo com os cientistas

Embora o termo cientista em meio a uma dica de cozinha seja algo pouco usual, o fato é que tudo aquilo que é fruto de experimentos tende a ser mais confiável, e por isso, vamos mencionar aqui o que alguns desses estudiosos tem considerado a respeito da qualidade dos ovos.

De acordo com a ciência, o ovo inicia seu processo de envelhecimento a partir do momento em que é colocado pela galinha – o que justifica os prazos para consumo. Em um breve resumo científico, quando o ovo é novo a tendência é que a gema seja ácida e as proteínas da clara mais unidas, algo que vai mudando com o passar do tempo, quando as proteínas começam a repelir umas às outras, e é esse o melhor momento para conseguir fazer boas claras em neve, visto que as proteínas da clara vão se tornando mais flexíveis.

Agora um truque para clara em ovos com ovos novos

Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário guardar sempre os ovos até que envelheçam para só então conseguir fazer uma boa clara em neve, existe um truque simples que também produz excelentes resultados. A técnica consiste unicamente na utilização de ovos em temperatura ambiente, isso porque, ao contrário dos ovos refrigerados, os de temperatura ambiente possuem uma consistência similar à dos envelhecidos, facilitando assim a batida para a obtenção da clara em neve perfeita.

As fases da clara em neve e como identificá-las

A clara em neve passa por diversas fases e é importante para quem deseja se especializar em culinária em um nível mais elevado, conhecer cada uma delas, na sequência você confere cada uma das principais.

Ponto de espuma – Batida de clara de ovo

Esse é o primeiro estágio da clara em neve, ela é obtida logo nas primeiras batidas e seu aspecto é semi-líquido, ou seja, ainda será possível identificar a clara praticamente em seu estado líquido ao fundo da vasilha, contendo tão somente algumas poucas espumas sobre a mesma. Esse geralmente é o ponto ideal para receitas que pedem algo como, “bata ligeiramente” ou “bata de leve” a clara.

Ponto de neve ou “Pico mole” – Clara em neve

Esse é o segundo estágio da batida da clara, é o ponto em que já se torna efetivamente a clara em neve, porém, em um estágio ainda menos consistente que à do próximo ponto, que será o “pico firme”. Para identificar esse estágio, basta levantar o batedor e observar à clara em neve grudada no mesmo, se ela estiver em formato arredondado já está no ponto, se ao invés disso estiver pontuda, significa que já ultrapassou o ponto desejado.

Pico firme  ou “Ponto firme de neve” – Clara em neve

Esse é o terceiro estágio da clara em neve, para identificá-lo basta levantar o batedor e observar os picos, se estes estiverem com aspecto pontudo significa que o ponto já foi atingido, nesse ponto é possível até mesmo virar o recipiente de cabeça para baixo que o conteúdo não se desprenderá, ao atingir esse estágio, deve-se parar de bater, pois, do contrário, o trabalho poderá ser perdido, uma vez que a mistura poderá atingir o ponto seco.

Pico seco – Clara em neve

Esse é o último estágio da clara em neve, e também o pior deles, de modo que praticamente em nenhuma receita é utilizado. O pico seco é o ponto que a clara perde o aspecto homogêneo e a cor brilhante que possuía nos dois picos anteriores, além disso, nessa fase será possível observar novamente um líquido esbranquiçado escorrendo na mistura, um resultado derivado da união extrema das proteínas durante a batida.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: