Isabela, que finge ser Manuela, fica frente a frente com Regina no Vilarejo. Enquanto isso, Rebeca fica aflita com o sumiço da filha após a peça. - Resumo Cúmplices de um Resgate

Capítulo de 16/10/2019

Comente

Regina avisa que está de olho em Isabela, e que não a roubou, mas sim Rebeca lhe abandonou no passado. Isabela volta pra a praça e o pastor Augusto chama Manuela e Rebeca ao palco.

Todos do vilarejo se emocionam com a declaração de carinho de Rebeca, que canta a música “Contigo Sempre” para a filha. Safira consegue convencer Otávio a sair para tomar um café fora do escritório.

A vilã dá sequência ao plano imposto por Tomás e afirma que o atual diretor financeiro repassou valores a mais do autorizado para a confecção Sonhos a Retalhos. Otávio fica preocupado e diz que irá investigar.

Manuela diz para Ofélio que precisa colocar o plano em ação e procurar documentos importantes que ajudem a desmascarar Regina. Otávio vai até o vilarejo conversar com Luiz para checar o valor que a empresa dele recebeu.

Isabela não aguenta a dúvida se foi abandonada ou roubada de Rebeca e decide pedir para Nina mostrar fotos antigas. Nina garante que a barriga de Rebeca era tão grande que ela tinha certeza que ela estava grávida de gêmeas, porém nasceu apenas Manuela.

Em seguida, a avó ressalta que se ela tivesse tido gêmeas teriam tido dificuldade financeira. Isabela sai da sala ainda com dúvida.

Helena liga para Meire e conta que decidiu alugar o apartamento do condomínio. Meira avisa que o apartamento já foi alugado.

Em seguida, diz para Dinho que Helena ligou e disse que não iria morar lá. Dinho fica triste, pois está apaixonado.

Ofélio consegue levar Manuela até o escritório de Regina para que ela procure algum documento. Rebeca sente saudade de Otávio.

Joaquim se veste de mulher para fingir ser a tia Flora e assim convencer Dinho a liberar o livre acesso no condomínio dele, de Julia e Felipe. Manuela encontra um exame que mostra que Regina não pode ter filhos.

Porém a vilã entra no escritório neste exato momento.







Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!