Tangentes

Essa mensagem já foi acessada por 1417 pessoas.

5.00 / 5 - 1
Comente

Minha alma sente
amor ardente.
Mágoa que assola,
lágrima rola,
mesclada de dor, morta ao calor.

Dengosamente,
quem nada sente
se faz ausente,
inconsciente.
Novos caminhos... Outros carinhos...

Muitas loucuras,
só amarguras,
dores contidas
jamais sentidas.
Laços partidos, sonhos perdidos...

Hoje nem sei
quanto te amei.
Volta p’rá mim,
beija-me assim.
Quero-te agora, sem mais demora.


  • Autor: Cleide







Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!