Amando Pelo Computador

Essa mensagem já foi acessada por 1735 pessoas.

Comente

Eu explorava teu corpo
com meus beijos
Ainda sinto teu gosto,
tua mão nos meus cabelos...

Queria em ti cavalgar
sentir tuas mãos em meus seios
olhar dentro de teus olhos
ver-te gemendo de prazer...

Subitamente,
um balde de água fria
esfriou por instantes o meu corpo
quente...trêmulo...

Chegou alguém...
fugi de ti
e, no entanto,
queria tanto estar ali...

Minha sede não foi saciada
meu corpo ainda arde de desejo...
E assim sempre será...

Poucas vezes teremos
momentos nossos
sem interrupções,
sem computador travado...

Nada podemos esperar
desse desejo louco
e desmedido...
Que ao menos
não nos machuquemos

Nossos caminhos
não se cruzaram por acaso
Não és uma aventura,
um caso...
Estava escrito
que te encontraria...

Minha vida não seria completa
se não cruzasses meu caminho
para que,
mesmo na imaginação,
fizesse de teus braços
o meu ninho...

Preencheste-me com teu carinho
E te amo...te amo...
Embora sabendo que, de verdade,
JAMAIS SERÁS MEU...
NUNCA SEREI TUA!...








Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!