Ninguém Morre

Essa mensagem já foi acessada por 4245 pessoas.

Comente

Não reclames da Terra
Os seres que partiram...

Olha a planta que volta
Na semente a morrer.

Chora, de vez que o pranto
Purifica a visão.

No entanto, continua
Agindo para o bem.

Lágrima sem revolta
É orvalho da esperança.

A morte é a própria vida
Numa nova edição.

Chico Xavier









Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!