Topo

Gastronomia na Europa

Comente

O prazer proporcionado pela comida é um dos fatores mais importantes da vida depois da alimentação de sobrevivência. A gastronomia nasceu desse prazer e constituiu-se como a arte de cozinhar e associar os alimentos para deles retirar o máximo benefício. Assim é a gastronomia na Europa um status de arte. Uma arte que está em eterno movimento. Chefs estrelados desconstroem receitas clássicas, as mamas não arredam pé das tradições, bodegas em vilarejos montanheses escondem ingredientes que sumirão no tempo. Cada região tem um maneira de encantar com suas criações e suas origens. Exemplo disso é tentar imaginar a Inglaterra sem chá, a Alemanha sem batatas ou a Itália sem tomates. Esses ingredientes foram importados durante as navegações e por isso não são nativos do continente, mas que mesmo assim são elementos indissociáveis da cozinha local. Podemos pegar a batata como exemplo,
pois não conhecemos batatas peruanas e sim as “holandesas” e “inglesas.
Com uma rica gastronomia, diversificada e tradicionalista a Europa é um ótimo lugar para quem quer experimentar deliciosos pratos que demonstram a enorme cultura do continente.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: