Letra da Música: Pecado Original - Zezé Motta

Esse letra de Zezé Motta já foi acessado por 224 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Todo dia, toda a noite, toda hora
Toda a madrugada, momento e manhã
Todo mundo, todos os segundos do minuto
Vive a eternidade da maçã
Tempo da serpente nossa irmã
Sonho de ter uma vida sã
Quando a gente volta o rosto para o céu e diz
Olhos nos olhos da imensidão
Eu não sou cachorro não
A gente não sabe nunca ao certo
Onde colocar o desejo
Todo beijo, todo medo, todo corpo em movimento
Está cheio de inferno e céu
Todo santo, todo canto, todo pranto, todo manto
Está cheio de inferno e céu
O que fazer com que Deus nos deu
O que foi que nos aconteceu
Quando a gente volta o rosto para o céu e diz
Olhos nos olhos da imensidão
Eu não sou cachorro não
A gente não sabe nunca ao certo
Onde colocar o desejo
Todo homem, todo lobisomem
Sabe a imensidão da fome que tem de viver
Todo homem sabe que essa fome é mesmo grande
Até maior que o medo de morrer
Mas agente nunca sabe mesmo o que é que quer


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!