Letra da Música: Roupa Nova - Milton Nascimento

Esse letra de Milton Nascimento já foi acessado por 232 pessoas.

Comente

A música Roupa Nova fez muito sucesso quando foi gravada por Milton Nascimento. Que tal aprender a tocar? Veja a cifra de Roupa Nova e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Todos os dias, toda manhã
Sorriso aberto e roupa nova
Passarinho preto de terno branco
Pinduca vai esperar o trem

Todos os dias, toda manhã
Ele sozinho na plataforma
Ouve o apito, sente a fumaça
E vê chegar o amigo trem

Que acontece que nunca parou
Nessa cidade de fim de mundo
E quem viaja pra capital
Não tem olhar para o braço que acenou

O gesto humano fica no ar
O abandono fica maior
E lá na curva desaparece a sua fé

Homem que é homem não perde a esperança, não
Ele vai parar
Quem é teimoso não sonha outro sonho, não
Qualquer dia ele pára

E assim Pinduca toda manhã
Sorriso aberto e roupa nova
Passarinho preto de terno branco
Vem a renovar a sua fé

Quem é teimoso não sonha outro sonho, não
Qualquer dia ele pára

E assim Pinduca toda manhã
Sorriso aberto e roupa nova
Passarinho preto de terno branco
Vem a renovar a sua fé


Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!