Letra da Música: Teremos No Fim o Doce Que Merecemos Ou O Amargo Que Criamos? - Kailasa Blues

Esse letra de Kailasa Blues já foi acessado por 269 pessoas.

Comente

A música Teremos No Fim o Doce Que Merecemos Ou O Amargo Que Criamos? fez muito sucesso quando foi gravada por Kailasa Blues. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Kailasa Blues e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.


Pra quê haver um céu, pra quê haver um mar?
Se não posso bater asas nem pro fundo mergulhar
Pra que a Lua lá e eu tão sozinho aqui
Pra quê estrelas no alto se a correntes me prendi?

O Diabo é criança emburrada trancada fundo dentro de você
Você mais criança ainda nunca pôde perceber
Você criou as janelas e as portas donde trancou
Tal criança insolente (que também você criou)

Sim senhor, dona senhora, sim doutores, Dona Lei
Lei maior é a lei divina que a nada discrimina
Sem 'dois pesos duas medidas'
Balança e a tudo analisa
Pro cabra poder saber
Dos bens que não se fez, do mal que se espalhou
Soma e calcula tudo
E você chora e reclama tudo
Teremos no fim o doce que merecemos
Ou o amargo que criamos

Sou um dos brotos do destino,
O apressado
Sou o que quer correr
Sem sequer engatinhar

Sou um dos brotos do destino
Aliás,
Destino é a sorte de viver bem
Ou o azar de mal viver?
Qual é qual dos lados da moeda
Qual dos dois poderei escolher

Somos antenas divinas ou anjos salvadores
Pois, se o bem é bom e o mal ruim,
Cadê os salvadores pra mim?

Terei de me salvar sozinho no fim?
Teremos?
Acho que sim!


06/06

Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!