Letra da Música: Amor - F-2

Esse letra de F-2 já foi acessado por 361 pessoas.

Comente

Quando o tempo passa e nós ficamos velhos nos começa parecer

que eles pesam os danos mais que os mesmos anos ao fim.
Por isso eu quero meus anos para passar próximo a você, meu amor
eterno,,

próximo a minha família, próximo a meus amigos e minha voz.
Porque qualquer coisa vale, porque qualquer coisa tem se eu não
tenho a melhor coisa:
seu amor e companhia em meu coração.
E é que vale mais um recente ano aquele século esvaziado, amor,;

e é que vale mais ter bem llenito o coração.
Por isso eu sempre quero bem isso em minha mente seu afeto isto
forte,
embora nós somos distantes ou embora nós estamos próximos o fim.

Porque qualquer coisa vale, porque qualquer coisa tem se eu não
tenho a melhor coisa:
seu amor e companhia em meu coração.
Eles vêm amor
Eu sinto fraco quando eu estiver sem você
e eu fico forte quando estes aqui.
Sem você eu não sei já o que é viver,
minha vida é um túnel sem sua luz.
Eu quero mais tempo para passar próximo a você,
recuperar as noites que eu perdi,
conquistar o imenso medo de morrer,
e ser eterno próximo a você.
Porque qualquer coisa vale, porque qualquer coisa tem se eu não
tenho a melhor coisa:
seu amor e companhia em meu coração.
Por isso eu sempre quero bem isso em minha mente seu afeto isto
forte,
embora nós somos distantes ou embora nós estamos próximos o fim.

Porque qualquer coisa vale, porque qualquer coisa tem se eu não
tenho a melhor coisa:
seu amor e companhia em meu coração.
Eles vêm amor
Eu sinto fraco quando eu estiver sem você
e eu fico forte quando estes aqui.
Sem você eu não sei já o que é viver,
minha vida é um túnel sem sua luz.
Eu quero acontecer mas cronometrar próximo a você,
recuperar as noites que eu perdi,
conquistar o imenso medo de morrer
e ser eterno próximo a você.
Porque qualquer coisa vale, porque qualquer coisa tem se eu não
tenho a melhor coisa:
seu amor e companhia em meu coração

Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!