Imagens de Mariana Ximenes

Veja abaixo nossas galeria de fotos de Mariana Ximenes, acesse as imagens.



Comentários (3) Postar um Comentário

Luthero Flores Bücker comentou:

taurina tigresa maravilhosa

Luthero Flores Bücker comentou:

Mariana,
Continuo pensando o mesmo a teu respeito....- estou apenas mudando o 'subject'..., um ensaio talvez, ou um enfoque parcial e político-social do Brasil,... se tiver um pouco de espaço na tua agenda, dedique alguns minutos, lendo por partes, com a paciência taurina e sabedoria felina que te é peculiar...:
Na #Rede com Marina Silva
Merece e têm o justo respeito, suas ideias!
Rede, por princípio obedece à leis naturais, balanceando-se, sem deixar de ser rede.
Sempre na vanguarda, Marina lança no Brasil exemplo de modelo político isento, tendência no plano internacional, um esforço na revolução política, isso é, a abolição dos velhos e viciados partidos políticos de conchavos e maracutaias, bem conhecidos nossos.
Urge, algo tem que ser mudado nessa regra.
Cito a exceção da regra, no Brasil: PSol.
E explico.
Partido dissidente do PT, ou melhor, formado por petistas rebelados com o súbito desvio de rota ocorrido no preciso momento em que Lula, se esperasse um pouco mais, subiria a rampa do Planalto sem se vender à Globo e às elites do poder que aí permanecem enraizadas desde o regime militar que lhes deu guarida e oportuniza prolíficos ninhos de corrupção até hoje. Geração de outra forma de ditadura, com a qual convivemos praticamente sem perceber, pois não declarada. Portanto pior, quase inexpugnável:
A DITADURA ‘DEMOCRÁTICA’ DAS ELITES:
........................................................................................................................
1. - que só beneficia a bancos nacionais e estrangeiros, a oligopólios do agronegócio, aos derivados do petróleo, multinacionais do ramo automobilístico, capital estrangeiro, a contra-reforma-agrária que elimina pequenos produtores rurais e fomenta grandes latifundiários, tira a terra daquele e a entrega a este; que centraliza os melhores investimentos no eixo Rio-São Paulo, em detrimento da seca do nordeste, por exemplo, ou da educação nacional, ou da saúde nacional, ou do custo na logística do escoamento de produção etc.
2. que gera maior concentração de renda e discrepância social, portanto o parasitismo da economia como um todo; vide o aumento vertiginoso da criminalidade urbana e rural, do tráfico de drogas amplamente ramificado na classe média, gerados pela falta de perspectivas e emprego em todo o país;
3. guiada pelo imediatismo do lucro das empreiteiras na construção de estádios e obras para a Copa do Mundo 2014 (hoje patrocinam Lula em viagens/palestras e conferências pelo mundo) em detrimento às prioridades indispensáveis a um povo que pretenda melhorar seu índice de desenvolvimento humano (IDH atual do Brasil = 64º no mundo), quais sejam: educação e saúde;
4. que, a qualquer aumento de produção dá ‘black-out’ na geração de energia, e a safra agrícola não chega ao mercado por falta de investimento em infraestrutura, ferrovias, hidrovias, silos, armazéns, portos, rodovias etc.
5. que, pouco isso fôsse, empaca o ‘pibizinho nacional de merreca’ da economia ao longo dos 10 anos de governo PT. Uma década sem crescimento algum, já que o índice per capita diminuiu. E não acontecerá a mudança, pois nada se vê acontecer para que haja. A começar por uma Reforma Agrária efetiva, tão prometida por Lula antes das eleições de 2002 e jamais implementada. Se arrasta. Vide o MST, vide os índios, sendo tachados de criminosos pela grande mídia. Uma Reforma que não existe, acompanhada por assessoria técnica aos assentados, eliminando de vez os imensuráveis latifúndios que parasitam em municípios de nossos interiores em todo o país. A começar pelos do Rio Grande do Sul, que ultimamente vêm sendo tomados por estrelas globais !!!
– sacou essa? – Brasil, feudo da Globo.
Por isso o ‘Lula lá’,
Esqueceu?
6. Apregoam a economia ter atingido nível tal de ‘pleno emprego’ apesar de sustentarem milhões de brasileiros miseráveis com o ‘bôlsa família’, sem a devida contrapartida no preparo educacional que possibilite no futuro sairem da dependência;
7. José de Alencar: o vilão homenageado. Vice-presidente imposto a Lula, genuíno líder da elite industrial mineira dos tecidos que, encostado na sala de Lula durante seus dois mandatos, gerenciou a bancarrota dos concorrentes em todo o território nacional, acabando com a competitividade de nossas fábricas como um todo, em todos os ramos (vide calçados, brinquedos, confecções, eletrodomésticos, eletrônicos, manufaturados em geral) conduzindo-nos ao desastre que presenciamos: - parque industrial destruído, sucateado e substituído por importações da China infiltradas pelos mais achegados em Brasília, fraternos cúmplices do monopolista José de Alencar;
8. Exemplo de subproduto disso é o subemprego e o emprego escravo em pequenas facções de confecções de vestuário no centro de São Paulo, que empregam ‘migrantes’ ilegais colombianos, bolivianos, peruanos etc., que se submentem a condições de vida sub-humanas, com sobrecarga horária de trabalho diário ganhando ‘esmolas’ para sobrevivência; ... essa tragédia no mercado de trabalho nacional é consequência direta e inequívoca do desgoverno Lula e seu vice José de Alencar!...
9. ... ’fraternos irmãozinhos’... – cofrades de José Sarney, legítimo herdeiro da ditadura militar, Presidente biônico estratégicamente colocado na vice-presidência de Tancredo Neves, que o faleceram antes da posse; Sarney, empossado Presidente em 1985 e, após, Senador vitalício; em seu encargo a tarefa de perenizar a manutenção da DITADURA DEMOCRÁTICA DAS ELITES;
10. - através de lobbies e patrocínios de mensalões no Congresso e Câmara dos Deputados, regiamente comandados pelos chefões petistas que expulsaram Heloisa Helena, Luciana Genro, João Batista de Oliveira Araujo (o Babá), João Fontes, Plínio de Arruda Sampaio (fundador do PT) e outros que, acompanhados de solidários desertores da corrupção que se instalara, em 2004 formaram o PSol com mais de 700.000 assinaturas, com o incomum orgulho de ‘expulsos da corrupção’!
11. Lula, anos 80 sindicalista; após duas derrotas eleito presidente com apoio da Globo em 2001 e reeleito em 2005; envolto em investigações de corrupção do mensalão em 2013! ... – bobinho e ingênuo, saindo donde saiu, chegando onde chegou?! - Não sabia que o dinheiro do mensalão é dinheirinho do povo entrando nos bolsos de correligionários subalternos, assim, no mais...sem saber como, nem porque?!...
Lula nada sabia? – esperto, joga-se no ostracismo do próprio partido! ... – “bloqueado” pela própria astúcia ou, melhor, o tempo já está revelando esse patético tiro no pé - ...tsc-tsc-tsc
É PRECISO DEMOCRATIZAR A DEMOCRACIA!... – dar-lhe transparência.
Estamos em plena Era de Aquário...
A hora é essa! - Marina tem respaldo internacional para representar o Brasil em qualquer circunstância. Desnecessário esmiuçar o preparo dela, que já consolidou sua imagem na consciência político-social brasileira não só no país, mas em todos os continentes.
Seu portfólio de formação acadêmica e atividades nas altas esferas alcança interesses da comunidade planetária contemporânea que luta pela salvação das futuras gerações, transpondo em muito as fronteiras tupiniquins!...- é uma estadista do planeta.
Reduzi-la ou subestimá-la, felizmente, não encontra eco em qualquer grupo de pessoas de bem, a não ser os inconscientes, desinformados, enrijecidos em preconceitos ou, o que é pior, grupo de pessoas de parcos recursos intelectuais, apolíticos que, justamente por isso, tentam ineficazmente se desvencilhar de suas bitolas desfazendo quem lhe faz sombra.
Não faz outra coisa, esse tipo irrascível, do que revelar aos quatro ventos sua própria limitação. Despertar é sempre um momento de retorno à consciência. Um momento de reencontro com a própria identidade: a liberdade de ser o que é, e não o que lhe incutem.
Sinto muito por você que se enquadra nesses pobres fantoches da mídia e outras organizações menos expressas, secretas e dissimuladas de todas as formas, forradas de imperceptíveis mensagens subretícias. Você é o(a) estereótipo de alvo desses meios, sempre vitimados.
Afinal de contas, é meu semelhante; daí minha preocupação não só com você, mas pelo futuro imediato do país. Evite o parasitismo mental, fixo alvo do amadurecimento! - estágio anterior à queda do galho. Dê valor aos valores aparentemente infantis, mais tenros, saudáveis e dinâmicos, em constante renovação pois cheios de energia, onde reencontrará raízes.
Marina Silva mais do que os mantém: os cultiva e os propaga! – tem coragem. Não compactua com poderosos que, de tão poderosos e maduros, apodrecem no próprio pé. Como é o caso da tentativa de Dilma e Cia. às vésperas das eleições de 2014, conhecendo a formação bem preparada e o poder político de Marina – expresso em 20 milhões de votos em 2010, praticamente sem partido -, trata de impedir sua estruturação política apelando a expedientes mais que inconstitucionais: antidemocráticos! - se valendo da maioria absoluta no Congresso transformado em balcão de negócios dos petistas em conchavos, propinas e mensalões, para perpetuar o PT no Poder – uma afronta radical aos princípios democráticos mais elementares.
Quem diria?! – o poder revela até a verdadeira Dilma, que se esquece de sua própria origem política no combate às truculências do regime militar, abusando das mesmas maquinações. Suga para o PT o veneno que derrubou a Arena e seus funestos quepes no final dos anos 80.
Não é por acaso que uma das leis básicas do enriquecimento social justo de uma sociedade é justamente a alternância do Poder. A conveniência da intercalação de governos de oposição, que afasta periódicamente espertalhões de carteirinha que já se sentem ‘donos do campinho’, nos ‘esquemas do sistema’ negociados para a obtenção da maioria de apoio ao Governo, no Congresso. Salvo os ‘coringas’ tipo Sarney, camaleões, ou talvez, muçuns, que se adaptam ao meio, e escorregam, sem deixar rastro.
Se questionas a fluidez desses argumentos, observe que se harmonizam com a seqüência dos fatos. Lembra, não faz muito, Dilma escapou do câncer. Não muito depois, Lula.
Recentemente ela, inexplicàvelmente, torce o pé e manca.
Nada é por acaso.
Observemos...