Topo

Deixe seus filhos livres de microrganismos nas refeições

Comente

Os bebês devem ter muitos cuidados, pois seus organismos ainda são fracos, com pouca defesa e são presas fáceis de ataque de vírus e bactérias. Na verdade, estes microrganismos são bons para aumentar a imunidade do organismo ao longo do tempo, pois é inerente ser atacado e ficar doente. Entretanto, é importante proteger a criança de microrganismos patogênicos, ou seja, que fazem mal a saúde e podem acarretar em doenças mais fortes.

As refeições devem ser muito bem preparadas para evitar bolores, putrefações ou até mesmo simples detalhes que fazem diferença negativa. As pessoas que podem te auxiliar na preparação das comidas, técnicas de higienização e dicas de armazenamento são nutricionistas e técnicos em nutrição. Como bônus, as graduadas ainda farão um cardápio que proverá seu filho de todas as vitaminas e minerais que ele precisa.

Confira algumas dicas para livrar seus filhos de doenças!

Não dê alimentos com início de podridão

É comum, principalmente de pessoas mais idosas, a reutilização de todo o alimento para não evitar desperdício. Elas tinham poucas condições financeiras e não existiam conhecimentos acerca da saúde como se tem hoje, portanto elas têm as razões pessoais. Hoje, sabemos muito mais sobre os microrganismos patogênicos, principalmente que não são possíveis ver a olho nu.

Em uma banana, por exemplo, cortar a região que está embolorando ou apodrecendo, não é o ideal. Toda a fruta pode estar infectada, mesmo que não seja possível observar. Para adulto, pode não fazer diferença, mas para bebês é um perigo.

O mesmo se aplica ao pão de forma, por exemplo.

Faça higienização das frutas, verduras e legumes

Sempre que for preparar uma papinha, atente-se, primeiro, a sua higienização. As frutas devem passar por esta fase antes de serem cozidas ou irem ao prato do filho, pois boa parte dos microrganismos patogênicos morrerá.

Em postos de saúde é possível encontrar o hipoclorito de sódio. Pegue um balde limpo e lavado, coloque água filtrada e pingue quantas gotas estiver sendo dito no rótulo do produto. Deixe, em média, 15 minutos. Retire-os e lave-o normalmente com água.

Este simples passo pode salvar o bebê de problemas de saúde. Não negligencie!

Higienização dos Alimentos

Correto armazenamento dos alimentos

Nós cozinhamos os alimentos e costumamos armazená-los para refeições posteriores, seja no mesmo dia ou no dia seguinte. Para bebês, é importante que toda comida seja fresquinha, feita na hora.

Entretanto, caso não seja possível, fique bem atenta às temperaturas. Quando retirar um alimento do cozimento, por exemplo, pegue a quantidade que o pequenino vai se alimentar e rapidamente já guarde a outra parte na geladeira, sem deixar cair a temperatura.

Acima de 60º, em média, os microrganismos morrem e abaixo de 8º, na geladeira, eles ficam inertes, assim como no freezer. Não deixe-os se reproduzir e proliferar nos alimentos, seja rápida.

Conclusão

Apesar de ser importante a contaminação do filho com vírus e bactérias para aumentar a imunidade, sempre é bom diminuir as chances de o bebê contrair doenças perigosas. Nas refeições, há maiores possibilidades dele sofrer algum problema, portanto fique atenta e siga os passos citados acima.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: