Topo

Álcool na gravidez faz mal?

Comente

Apesar de novos estudos mostrarem que um pouquinho não faz mal, o consenso dos médicos é de que o álcool deve ser evitado durante toda a gravidez. Tudo o que a mãe consome durante a gravidez influencia a saúde do bebê, ainda na barriga da mãe e no futuro. E cada vez mais novos estudos mostram essa relação. O álcool, por exemplo, faz parte da lista das proibições. Segundo um estudo feito por pesquisadores dinamarqueses e publicado no Jornal Britânico de Ginecologia e Obstetrícia, um drink não faz mal. Os cientistas analisaram a saúde e o comportamento de 1.628 mulheres e seus filhos, desde a gravidez até as crianças completarem 5 anos. As mães foram convidadas as avaliar o seu próprio consumo de álcool durante a gravidez em entrevistas realizadas nas consultas de pré-natal. Elas foram divididas entre aquelas que não bebiam nada, as de consumo leve (cerca de uma a quatro doses por semana), moderado (que bebiam entre cinco a oito doses por semana) e alto (mais de nove doses por semana). O resultado mostrou que filhos de mães de consumo moderado não apresentaram comprometimento no desenvolvimento comportamental e intelectual até os 5 anos. Já as crianças de mulheres que bebiam em excesso tinham mais chance de apresentarem deficit de atenção. Vale lembrar que já se sabe que bebidas alcóolicas durante a gravidez podem levar, ainda, a outros problemas neurológicos no bebê, como hiperatividade, impulsividade, problemas de visão espacial, além de o risco de ele nascer com baixo peso e ter alterações cardíacas. Se a ideia é fazer um brinde para uma ocasião especial, que tal preparar o seu drink sem álcool?



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: