Topo

Estreia no Brasil o filme “Diana” que retrata momentos da vida da Princesa do Povo

Comente

Chegou aos cinemas brasileiros, nesta sexta-feira, mais um filme que tem como principal objeto retratar alguns aspectos da vida da família real Inglesa. “Diana”, longa protagonizado por Naomi Watts, retrata os dois últimos anos de vida da princesa de Gale, tendo como pano de fundo um livro, mas com algumas histórias sendo  criadas para preencher lacunas que a história ainda não sabe ao certo o que teria acontecido de verdade.

O roteiro é baseado em um livro que acaba focando a sua história em um episódio bastante especifico da vida de Diana, que foi o relacionamento que ela teve com o seu médico de origem paquistanesa. Mas apesar desta história ter ficado bastante famosa na Inglaterra e no mundo quando veio a tona, ainda não é possível saber se realmente ela existiu, já que o médico de verdade não teria confirmado oficialmente o romance. Além disso, recentemente ele declarou que tanto o livro quanto o filme contam com histórias inventadas e baseadas apenas em boatos.

estreia-filme-diana

A crítica, de uma forma geral, também acabou não recebendo muito bem o filme. O longa não alcançou notas boas dos principais críticos de cinema dos Estados Unidos e também não conseguiu uma boa bilheteria comparado com outras produções que também estão em cartaz.

Apesar das críticas, no entanto, ao menos um ponto positivo chama atenção: a caracterização de Watts, que ficou realmente parecida com a mãe dos príncipes William e Harry, morta aos 36 anos em um acidente automobilístico em Paris, no dia 31 de agosto de 1997, ao lado de Dodi Al-Fayed, o então namorado que, segundo o filme, seria não muito mais do que um “consolo” após o rompimento com Khan.

Diana faz parte de uma coleção de filmes que retrata as peculiaridades da família real britânica, em duas mais diferentes épocas. Relembre alguns dos filmes da última década que fizeram sucesso e que também exploraram os reis e rainhas do velho mundo.

O Discurso do Rei (2010)

O filme conta a história de George VI e de como ele acabou tendo que assumir a responsabilidade de ser rei, mesmo sem nunca ter se preparado para isso. O filme mostra foca na dificuldade que o rei tinha em se expressar, já que era gago, mas utiliza esta característica para mostrar uma importante época da história mundial e inglesa, que eram os momentos logo antes de começar a Segunda Guerra Mundial.

A jovem rainha Vitória (2009)

O objetivo do filme era mostrar como a Rainha Vitória, que ficou mais conhecida pela imagem de uma velha e sisuda soberana, era durante a sua juventude. Vitória teve que assumir a coroa aos seus 18 anos de idade, quando era ainda uma jovem apaixonada pela vida mas que logo se viu no meio das intrigas da corte.

A Outra (2008)

Baseado em um livro escrito por Phillipa Gregory, o filme é uma versão bastante romanceada e imprecisa da história das irmãs Ana e Maria Bolena. Ambas teriam sido amantes do rei Henrique VIII, e Ana se tornou a segunda esposa do monarca, que ordenou sua execução cerca de três anos depois da união, acusando-a de alta traição. Embora existam diversas teorias sobre o verdadeiro motivo, a mais aceita é a de que o rei, que teve seis esposas ao longo da vida, queria se casar com outra por acreditar que Ana era incapaz de gerar um filho homem para herdar seu trono.

A Rainha (2006)

A Rainha foi um grande sucesso de público e de crítica, levando o Oscar de melhor filme do ano. A atriz Helen Mirren vive o papel da Rainha Elizabeth II e retrata os dias difíceis que se seguiram depois da morte da Princesa Diana, onde ela teve que decidir se posicionar ou se manter calada diante do clamor público.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: