Cifra da música: Jeito de Mato - Paula Fernandes

Esse cifra de Paula Fernandes já foi acessado por 3681 pessoas.

3.00 / 5 - 18
Comente

A música Jeito de Mato fez muito sucesso quando foi gravada por Paula Fernandes. Quer conhecer as demais músicas? Conheça as letras das músicas gravadas por Paula Fernandes e aproveite.

Veja também o vídeo da música tocada.


(capo 2ª casa)

(intro 2x)  A F#m D Bm

(dica - deixe o dedo mindinho preso na 5° casa da primeira corda no decorrer da música.)

A                        F#m
De onde é quem vem esses olhos tão tristes?
A                   F#m
Vem da campina onde o sol se deita
      D                 A/C#
Do regalo de terra que teu dorso ajeita.
   Bm                  D
E dorme serena, no sereno e sonha

A                         F#m
De onde é que salta essa voz tão risonha?
    A                   F#m
Da chuva que teima, mas o céu rejeita
    D                 A/C#
No mato, do medo, da perda tristonha
      Bm                 D
Mas, que o sol resgata, arde deleita

           A                            E
Há uma estrada de pedra que passa na fazenda
                      F#m
É teu destino, é tua senda.
                        D
De onde nascem tuas canções
          A                                E
As tempestades do tempo que marcam tua história
                      F#m
Fogo que queima na memória
               D
E acende os corações

 Bm                                 D
Sim, dos teus pés na terra nascem flores
                           F#m
A tua voz macia aplaca as dores
                           E
E espalha cores vivas pelo ar

 Bm                            D
Sim, dos teus olhos saem cachoeiras
                          F#m
Sete Lagoas, mel e brincadeiras
                              E     Bm D
Espumas, ondas, águas do teu mar

( A   F#m   D   Bm )
( A   F#m   D   Bm )

           A                            E
Há uma estrada de pedra que passa na fazenda
                      F#m
É teu destino, é tua senda.
                        D
De onde nascem tuas canções
          A                                E
As tempestades do tempo que marcam tua história
                      F#m
Fogo que queima na memória
                 D
E acende os corações

 Bm                                 D
Sim, dos teus pés na terra nascem flores
                           F#m
A tua voz macia aplaca as dores
                           E
E espalha cores vivas pelo ar

 Bm                            D
Sim, dos teus olhos saem cachoeiras
                          F#m
Sete Lagoas, mel e brincadeiras
                              E     Bm D
Espumas, ondas, águas do teu mar

(instrumental)  A   F#m   D   Bm

(Almir começa a cantar)

A                        F#m
De onde é quem vem esses olhos tão tristes?
D                   Bm
Vem da campina onde o sol se deita
   A                      F#m
De onde é que salta essa voz tão risonha
D                Bm
Dorme serena, no sereno e sonha

(Ela volta a partir daqui)
A                        F#m                 D
De onde é quem vem esses olhos tão tristes...
Bm                        A
Dorme serena e sonha


Quer fazer uma correção nesta cifra?







    Comentários (1) Postar um Comentário

    Murillo dimattos comentou:

    Parabéns por disponibilizarem as letras cifradas de paula fernandes! Agora se aceitarem uma sugestão... , bom seria se colocassem as imagens das cifras, pois pra quem não conhece a leitura de cabeça deve ficar muito difícil. De novo parabéns e obrigado!