Cifra da música: Teremos No Final O Doce Que Merecemos Ou O Amargo Que Criamos? - Kailasa Blues

Esse cifra de Kailasa Blues já foi acessado por 287 pessoas.

Comente

A música Teremos No Final O Doce Que Merecemos Ou O Amargo Que Criamos? fez muito sucesso quando foi gravada por Kailasa Blues. Quer conhecer as demais músicas? Conheça as letras das músicas gravadas por Kailasa Blues e aproveite.


Tom: G

Intro: G  D  C  G

G				  D
Pra quê haver um céu, pra quê haver um mar?
	C				   G
Se não posso bater asas nem pro fundo mergulhar?
  G			D
Pra que a Lua lá e eu tão sozinho aqui? 
   C           			         G
Pra quê estrelas no alto se a correntes me prendi?

    G
O Diabo é criança emburrada 
C
Trancada fundo dentro de você
    D					C		G
Você mais criança ainda, nunca pôde perceber
G				   C
Você criou as janelas,

Você que criou as portas daonde trancou
	D			C			G
Tal criança insolente (que também você criou)

    G					D
Sim senhor, dona senhora, sim doutores, Dona Lei
       C			   	G
Lei maior é a lei divina que a nada discrimina 
	C			D
Sem “dois pesos, duas medidas"
G
Balança e a tudo analisa 
	D
Pro cabra poder saber
            C			      G
Do bem que não se fez, do mal que se espalhou
   C			D
Você soma e calcula tudo
	    C			G
Você chora e reclama tudo
D
Teremos no fim o doce que merecemos
              C
Ou o amargo que criamos?
        
        G
Sou um dos brotos do destino,
       	   
O apressado!
			D
Sou o que quer correr 
	 C		G
Sem sequer engatinhar
		G
Sou um dos brotos do destino
   C
E Aliás, Destino é a sorte? 
D
De viver bem,
		  C		G
Ou o azar de mal viver?
	   C			D
Qual é qual dos lados da moeda?
                 C			G
Qual dos dois poderei escolher?

        G
Somos antenas divinas ou anjos salvadores
	        D			       C
Pois, se o bem é bom e o mal sempre é ruim,
D				C
Cadê meus salvadores pra mim?
              			       	   
C
Terei de me salvar sozinho no fim?

Teremos? 
	       G
Acho que sim!

Quer fazer uma correção nesta cifra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!