Topo

Confira algumas das comidas mais diferentes dos países orientais

Comente

A cultura oriental é bastante estranha, e tudo o que você come deverá refletir diretamente na sua saúde. De acordo com os chineses, por exemplo, ao ingerir os alimentos você conta com propriedades energéticas diversas. Para as pessoas que tiverem estômago forte e um espírito de aventura, comer um espetinho diferente é uma ótima alternativa.

Em vários locais este tipo de alimento é rico em proteínas, e também funcionam como remédios, podendo aumentar a sua vitalidade, virilidade, libido e, ainda, curar dores no corpo.

Conheça a seguir alguns pratos bastante bizarros e sinistros que você encontra no oriente, vendidos de forma bastante comum.

Espetos de insetos chineses

espeto-insetos

Os insetos alimentavam os caçadores pré-históricos no mundo inteiro. E o hábito de comer insetos ainda é utilizado por várias pessoas em sociedades tradicionais. Os insetos são vendidos nas barracas de rua, em restaurantes considerados especializados e também em grandes mercados.

Quem visitar a cidade de Pequim irá encontrar tranquilamente as iguarias disponíveis que são consumidas por seu sabor e textura, mas além disso pelas propriedades tanto medicinais como também energéticas.

As lagartas por exemplo, tem mais de 60% de proteína e ainda grande quantidade de fósforo e cálcio.

Lagartas fritas da África do Sul

lagarta-frita

Comer um prato de lagartas é algo muito comum em países africanos. As lagartas tem seu interior espremido para fora, e são cozidas e secas ao sol para que seja realizado um processo de reidratação, se for o caso. É uma fonte de grande quantidade de fósforo. Apesar disto, tem uma época específica para ser colhida, do contrário elas não são nutritivas e saborosas.

Brasil e o Caldo de Turu

caldo-de-turu

É um prato bastante apreciado por moradores da Ilha de Marajó no Pará. Este é um molusco que vive dentro de troncos podres de árvores nas águas salobras. É bastante parecido com uma lombriga branca e leitosa. Tem uma textura pegajosa e é consumido cru, muitas vezes com algumas gotas de sal e limão. Pode medir até um metro e meio e tem a espessura de um polegar. Nos restaurantes é vendido em sopas e caldos, tem um gosto bastante semelhante ao da ostra e o mexilhão.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: