Topo

A batalha das laranjas

Comente

Imagine um carnaval onde as pessoas, ao invés de terem que utilizar máscaras precisam usar capacetes de proteção no rosto e onde a maioria das fantasias na verdade são verdadeiras armaduras. Pois é, o carnaval na Itália realmente realmente oferece este tipo de atrativo para quem está disposto a enfrentar uma verdadeira chuva de frutas que cai sobre as cabeças de quem estiver no local. Trata-se da tradicional batalha das laranjas, onde as pessoas acabam tendo a tarefa de jogar laranja uma nas outras. E apesar de parecer uma festa bizarra, ela tem suas origens baseada em fatos históricos.

guerra-das-laranjas-italiaA Batalha das laranjas é um evento muito tradicional já na Itália que acontece todos os anos, sempre em uma pequena cidade no norte do País chamada de Ivrea. Neste período a cidade acaba passando por uma verdadeira chuva de frutas que caem do céu, e quem está  por perto ou precisa participar da batalha, colocando suas proteções e atirando frutas nas outras pessoas também, ou se esconder o mais rápido possível antes que uma laranja atinja o seu rosto. Além disso, é comum que algumas emissoras de televisão internacionais também façam a cobertura da festa, recentemente o Programa Pânico na Band mostrou como acontece esta batalha.

carnaval-guerra-laranjas-italiaNo início da batalha os organizadores tentam organizar todo mundo que quer participar em diversas equipes, que são colocadas em carruagens. Mas é claro que que esta organização acaba não durando muito tempo, já que assim que começam as frutas a voarem as pessoas acabam realmente atirando frutas umas nas outras. Existem as equipes que acabam representando os homens do imperador e existem as pessoas que representam o povo. Isso porque, apesar de ser uma festa muito bizarra, a batalha das laranjas acaba tendo suas origens em um episódio histórico que a Itália viveu.

A tradição remonta ao Século XII, na época da insurreição contra o tirano Federico Barbarossa, ocorrida em 1.194. O gesto de atirar a laranja, que simboliza a cabeça do rei, representa a luta pela liberdade na região. Por isso que existem as pessoas que representam o imperador, que geralmente ficam em um lugar mais alto e são minoria, e também as pessoas que representam o povo.

Apesar de muitas pessoas acharem que esta batalha está relacionada a guerra das laranjas, o episódio acaba não tendo nenhuma relação, até porque a segunda foi uma guerra que aconteceu entre Portugal e Espanha e não teve a participação direta da Itália.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: