Topo

7 métodos de testes de gravidez bizarros

Comente

Durante as épocas mais antigas, as mulheres geralmente ficavam ansiosas sobre respostas se estavam grávidas ou não, mas não havia nada na época que pudesse confirmar cientificamente a gravidez. os métodos eram primitivos, sem garantias, e muito menos sem precisão.

Na falta de técnicas melhores, as pessoas recorriam a todas as formas mais simplórias, com níveis que variam de sucesso. E a partir desta seleção, estão em destaque alguns métodos de identificar gravidez bizarros.

7 métodos de testes de gravidez bizarros

Teste de gravidez egípcio

As mulheres eram instruídas a encher um saco de trigo e um de cevada e então urinar todos os dias nestes sacos. Se ambos germinassem estava claro que a mulher estava fértil e engravidaria, se nenhum crescesse ela não estava.

Injeção de urina em animais vivos

Veja também:

A partir de 1900 a melhor forma que qualquer um tinha para identificar gravidez era injetar a urina em animais vivos e ver o que acontecia depois. As teorias que mais tarde foram provadas estarem corretas, era que a urina das mulheres grávidas possuem hormônios que geram efeitos em muitos animais quando estiverem injetadas.

Evangelhos de Distaff diziam que a mulher deveria urinar em um trinco

A forma de identificação dizia que a mulher deveria pegar um trinco ou chave e colocar em uma pequena bacia. A mulher tinha de urinar até que a chave estivesse coberta inteiramente e deixar por muitas horas. Caso a chave ou o contorno do trinco estiver danificado, a mulher não era considerada grávida, se não houvesse mudança ou dano no trinco, ela estava grávida.

Gregos antigos acreditavam que uma cebola na vagina ou próxima dela preveria a gravidez

No teste a pessoa colocaria uma cebola próxima ou mais frequentemente na vagina da mulher que estivesse testando para a gravidez, ela dormiria durante a noite com a cebola no lugar. Caso ela acordasse na manhã e tivesse hálito de cebola não estava grávida, se acordasse com hálito, estaria grávida, um método altamente bizarro.

Misturar a urina com álcool

Este era um dos testes mais comuns do passado, pegar um frasco de urina de uma mulher grávida, e misturar com outras bebidas e observar a reação. Cada uma das regiões utilizava uma bebida diferente, e quem desejava ser mais científico misturava com vinho, que criava supostamente um tom de cor diferente da urina de uma mulher grávida para uma não grávida.

Médicos analisavam e bebiam urina para determinar gravidez

Durante a idade média, os médicos acreditavam que era possível ver tudo da saúde da pessoa a partir de sua urina. Com isto, os médicos colocariam a urina em um frasco, e utilizariam para analisar a gravidez, questões de saúde gerais de todos os tipos.

Teste de urinar em uma xícara de açúcar granulado

Este teste diz que a pessoa deverá pegar algumas colheres de chá de açúcar e colocar uma xícara e então urinar sobre ela pela manhã. Muitos acreditam que neste método os hormônios da urina de uma mulher grávida fazem com que os grãos de açúcar se aglomerem ao invés de dissolver. Se o açúcar dissolver na urina, existem poucas chances de a mulher estar grávida.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: