Procurando Paz

Essa mensagem já foi acessada por 1910 pessoas.

2.00 / 5 - 1
Comente

Onde estará a paz?
Estará ela no recanto tranqüilo do aconchego do nosso lar?
Estará ela no sono desapegado de uma criança no berço?
Estará ela num campo florido de girassóis?
Ou estará ela na morte, no fechar perpétuo dos nossos olhos materiais?
Queridos amigos, digo-lhes que a paz, habita dentro de nós.
É a companheira de nossos passos, às vezes firmes, às vezes trôpegos, no caminho que está à nossa frente.
Ela está no sorriso agradecido de um companheiro a quem tivemos a oportunidade de amparar, de esclarecer.
Ela está naquele agasalho que colocamos no ombro de um desabrigado.
Ela está na sensação do dever cumprido junto aos filhos, aos familiares.
Mas, amigos, ela está principalmente no desapego da materialidade, no desapego de um ente a quem tanto doamos, a quem tanto amamos, em sua partida.
Amar sem intenções de que tenhamos uma recompensa pelo que doamos.
Amar é encontrar a paz.
Amar é encontrarmo-nos conosco mesmos.
Viver com desapego.
A sensação de que tudo o que realizamos é grandioso perante a eternidade.
Porque amamos, doamos, trabalhamos, encontramos a nossa PAZ.


  • Autor: Alberto








Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!