Poema Ecológico

Essa mensagem já foi acessada por 3260 pessoas.

5.00 / 5 - 1
Comente

Cai chuvarada.
Trovões e relâmpagos dão início ao show que
entre clarões e retumbos, desfilam as ventanias,
bailam as árvores em desenfreados arroubos, a desfolharem-se
transformando a terra num tapete multicolorido. E tudo se transforma em um só ruído
Sapos saltitam alegres coaxando,
corujas piam recolhendo-se aos ninhos.
Lá longe, o mar empolga-se em
ondas gigantes e agitadas,que prepotentes na sua força, lambem a areia num vai e vem, formando rendas de espuma, transformando a orla em lindos
véus rebordados de conchas.
É tudo rápido, frenético e mágico.
Assim como o amor dos namorados, ofegante e arrebatador, consumindo-se.










Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!