Carícias

Essa mensagem já foi acessada por 554 pessoas.

Comente

A brisa sopra suavemente,
Docemente...
E começa a me embalar.
Sentada numa praia estou,
Com as ondas a se quebrar.
A areia flutua, me envolve,
Meus cabelos esvoaçam,
Fustigam-me o rosto,
Mas a paz é imensa.
Brisa gostosa!
Brisa que ameniza,
Brisa que faz passar
Todo o meu pesar.


  • Autor: Cândida








Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!