Amor Selvagem

Essa mensagem já foi acessada por 1498 pessoas.

Comente

Num lindo sábado à tarde apreciávamos um belo fim de tarde
Vestia um atraente lingerie estampado de flores
Ao teu lado, deitados num sofá retrátil, eu premeditando o melhor da noite a dois
Permitia que minha ansiedade não tardasse e o melhor dos desejos viesse a acontecer
Degustávamos a dois um doce vinho rio colorado
Adoras quando te olhe nos olhos sussurrando te palavras de amor
Amo quando estas seminua, a tua ternura a me provocar
Bebíamos como se fossemos dois embriagados
Mais uma vez degustávamos o doce vinho pelo anoitecer a dentro
Nossos olhares já se encontravam entrelaçados
Suas pernas me provocavam excitação por efeito do vinho colorado
Provocamos caricias e beijos como nas noites de núpcias
Minhas mãos deslizavam em teus seios no mais ardente desejo
Acariciava teu pescoço com beijos intensos suaves molhados da cor do pecado
Fazíamos amor com ternura a toda fissura de horas a frente
Pegamos no sono como anjos sonolentos
Na madrugada os corpos colados juntos apaixonados querendo mais...


  • Autor: Marcelo Liuth Caliman









Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!