Letra da Música: Açougueiro - Zéu Brito

Esse letra de Zéu Brito já foi acessado por 313 pessoas.

Comente

Me faça de bife
Vou servir de consolo
Me tempere com seu molho
E depois me asse
No forno do amor

Me sirva pra quem quiser
pode lamber meu pé, as descaradas
Se embriagarão
Minha carne comerão

Me chamam de açougueiro
Eu sei
O que é que posso fazer?Gosto é de carne peregrina
Tenho um açougue ali em Amaralina
E bebo doses ordinárias de Wísky Red Label

Canivete, navalha,
Faca ou facão
A carne inteira grita
Quando eu meto a mão
Açougueiro é minha profissão
E eu adoro

Me chamam de açougueiro
Eu sei
O que é que posso fazer?Gosto é de carne peregrina
Tenho um açougue ali em Amaralina
E bebo doses ordinárias de Wísky Red Label

Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!