Letra da Música: Filial da Matriz - Zeca Pagodinho

Esse letra de Zeca Pagodinho já foi acessado por 279 pessoas.

Comente

A música Filial da Matriz fez muito sucesso quando foi gravada por Zeca Pagodinho. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Zeca Pagodinho e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Minha preta não quis entender
Quando eu cheguei em casa feliz
De manhã, ao voltar de um lazer
No morro da Matriz
Ela disse que eu tava de zorra
Só pra cortar a minha
Rodopiando feito piorra
pa sala pra cozinha
Êta, mundo cão, vida cachorra
Que má sorte a minha
Me amarrar numa preta
Que além de careta com a cara mais limpa
Quando rodo mundo abre de par
Ela abre de ímpar
É cismada que eu tenho outro amor
No morro da Martiz
Se eu demoro a chegar, é um terror
Ela torce o nariz
Ela disse que eu tava de farra
Só pra me intimidar
Cara feia e cheia de marra
Começou a zoar
Fez tumulto, armou algazarra
É de amargar
Se amarrar numa preta
Que além de careta faz cara de dona
Quando todo mundo abre de três
Ela abre de lona
É cismada que tem filial
No morro da Matriz
Se eu demoro a chegar, fico mal
Ela torce o nariz


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!