Letra da Música: Soneto De Separação - Vinicius de Moraes

Esse letra de Vinicius de Moraes já foi acessado por 301 pessoas.

Comente

A música Soneto De Separação fez muito sucesso quando foi gravada por Vinicius de Moraes. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Vinicius de Moraes e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama

De repente não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo, distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!