Letra da Música: Quarto Soneto De Meditação - Vinicius de Moraes

Esse letra de Vinicius de Moraes já foi acessado por 228 pessoas.

Comente

A música Quarto Soneto De Meditação fez muito sucesso quando foi gravada por Vinicius de Moraes. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Vinicius de Moraes e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Apavorado acordo, em treva. O luar
É como o espectro do meu sonho em mim
E sem destino, e louco, sou o mar
Patético, sonâmbulo e sem fim.

Desço na noite, envolto em sono; e os braços
Como ímãs, atraio o firmamento
Enquanto os bruxos, velhos e devassos
Assoviam de mim na voz do vento.

Sou o mar! sou o mar! meu corpo informe
Sem dimensão e sem razão me leva
Para o silêncio onde o Silêncio dorme

Enorme. E como o mar dentro da treva
Num constante arremesso largo e aflito
Eu me espedaço em vão contra o infinito.


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!