Letra da Música: Flor e Colibri - Vanusa

Esse letra de Vanusa já foi acessado por 193 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Eu queria talvez
Que você fosse flor
E eu fosse colibri
Eu queria talvez
Ser o seu cobertor,
Seu lençol de cetim
Pra que quando chegasse o teu cio
Te beijasse como um beija-flor
Pra que quando chegasse o teu frio
Te agasalhasse com o meu calor.

Eu queria ser a poesia
E você o papel
E deitar em suas linhas
As rimas de um amor fiel
Na verdade o que eu quero é impossível
O que eu quero é perfeito demais
Não existe um amor tão sublime
Por entre os mortais.

Mas não se prenda amor, pode ir
E não se renda a meu jeito de amar
Te quero tanto
Que até tenho medo de te escravizar
O mesmo barco que o vento levou
Se um dia a praia quiser retornar
Terá meu corpo,
Minh'alma, um porto pra se abrigar.


OBS.: CD "Vanusa Hino ao Amor" - 1994.


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!