Letra da Música: Cantador Latino - Sivuca

Esse letra de Sivuca já foi acessado por 141 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Minha pele é como a noite
O olhar é como o dia
Meu canto irmao é como o açoite
Da ventania
Minha mao é um cavaleiro
Violao é a montaria
Meu canto é como um bandoleiro
Sem regalia
Meu pensamento é proibido
A minha vida é uma agonia
Meu canto é um animal ferido
Lambendo a cria
Meu coração é um cao selvagem
Uivando atras de companhia
Meu canto é um canto de coragem
E covardia
Minha garganta é uma navalha
A minha voz é uma sangria
Meu canto é um canto de batalha
Da maioria
O meu trabalho é como um estorvo
Meu canto é morto á revelia
Mas morto um canto eu canto um novo
No outro dia


Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!