Letra da Música: Manic Aeon (Tradução) - Sirenia

Esse letra de Sirenia já foi acessado por 256 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Eternidade Maníaca

Estranho...venha para dentro
Leia meu epitáfio, demente eu sou?
O alienado...me assombrando
Seja meu amante, eu te imploro

Profecias de morte lá fora
Tomam o luar para uma viagem
Caras assustadoras e olhos fixos
Trazem minha obsessão para a vida

Pequeno estranho venha para dentro
Enterre aquilo que você ainda sofre
Nós fazemos uma vida disso de algum modo
Parecer como se tivéssemos perdido isso agora

Ver você dançar até o fim
Toda esta dor amarga
Ver você se mover de modos
Além de nossos dias
Em devoção eu protelo
E com veias drenadas
Eu hesito novamente

Ver você falecer
Em outro dia
Ouvir você chamar meu nome
Além de outro véu
Em devoção eu fui protelado
Neste mundo que eu pertencia
Por longínquo demais

Estranhos me assustam
Rostos que espreitam por toda a volta
Esta estranha voz à minha porta
Cede minha razão como antes

Profecias de morte por dentro
Cedem suas palavras, elas cortam como facas
Vento sombrio que varre o interior
Esta eternidade maníaca é obrigada a ser

Pequeno estranho fique ao meu lado
Se você prevalecer, então assim posso eu
Enterrar a ferida que você agüentou?
Apenas pela morte iremos reparar


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!