Letra da Música: Animals (Tradução) - Pink Floyd

Esse letra de Pink Floyd já foi acessado por 753 pessoas.

Comente

A música Animals fez muito sucesso quando foi gravada por Pink Floyd. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Pink Floyd e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Animais

Os porcos voando (parte 1)

Se você não se importasse com o que aconteceu comigo,
E se eu não me importasse com você
Nós iríamos fazer zig zag em nosso caminho
Através do tédio e da dor
Ocasionalmente espiando a chuva
Desejando saber qual dos vagabundos culpar
E observando os porcos voarem.

Cães

Você precisa ser louco, você precisa ter um motivo de verdade
Você precisa dormir sobre seus dedos do pé
E quando você estiver na rua
Você precisa ser capaz de distinguir a carne fácil
Com seus olhos fechados
E depois se movendo silenciosamente
Contra o vento e escondido
Você precisa bater
No momento certo e sem pensar.

E depois de um tempo, você pode trabalhar em pontos da moda
Como o clube da gravata, e o clube 'firme aperto de mão'
Um certo olhar fixo nos olhos, e um sorriso fácil
Você tem que passar confiança para as pessoas que você mente
Para que quando elas virarem as costas para você
Você tenha a chance de esfaqueá-las.

Você tem que manter um olho sempre aberto
Você sabe que isto está ficando cada vez mais difícil, difícil
Conforme você envelhece
E no fim você arrumará as malas, e voará em direção ao sul
Esconderá sua cabeça na areia
Apenas outro triste e velho homem
Sozinho e morrendo de câncer.

E quando você perder o controle,
Você irá colher o que tem plantado
E á medida que o medo cresce,
O sangue ruim pára de correr e endurece
E é tarde demais para soltar o peso
Você costumava jogá-lo por aí
Então se afogue, enquanto você afunda sozinho
Arrastado para baixo pela pedra.

Tenho que admitir que estou um pouco confuso
Às vezes me parece que eu estou sendo usado
Preciso ficar acordado,
Preciso tentar e sacudir esse mal-estar rastejante
Se não estou pisando em meu próprio chão,
Como posso encontrar a saída deste labirinto?

Surdo, mudo e cego, você apenas continua fingindo
Que todo mundo é dispensável
E ninguém teve um amigo de verdade
E parece que para você
A solução seria isolar o vencedor
E você acredita de coração, que todo mundo é um assassino.

Quem nasceu numa casa cheia de dor?
Quem foi educado a não cuspir no ventilador?
Quem foi que disse o que devemos fazer pelo homem?
Quem foi à falência através de pessoal treinado?
Quem estava usando colarinhos e correntes?
Quem cedeu um assento no banco das testemunhas?
Quem estava fugindo do público?
Quem estava sozinho em casa com um estranho?
Quem foi triturado no final?
Quem foi encontrado morto ao telefone?
Quem foi puxado para baixo pelas pedras?

Porcos (três tipos diferentes)

Um grande homem, ou um porco, adivinhe o que você é
Você uma próspera roda gigante, adivinhe o que você é
E quando sua mão está sobre o seu coração
Você está perto de soltar um bom sorriso
Quase um brincalhão
Com sua cabeça deitada no chiqueiro
Dizendo "continue cavando'
A mancha de porco em seu queixo gordo
O que você espera encontrar
Quando você está no chiqueiro?
Você está bem perto de dar um sorriso
Você está bem perto de dar um sorriso
Porém você solta um grito.

Um ponto de ônibus ou uma pessoa chata, ha ha,
Adivinhe o que você é
Você uma megera toda fodida, ha ha,
Adivinhe o que você é
Você emite flechas de vidro quebrado
Você está bem perto de soltar um bom sorriso
Quase que vale a pena dar um sorriso ligeiro
Você gosta de sentir o aço
Você é um troço quente com uma cartola
E se diverte com um revólver
Você está bem perto de dar um sorriso
Você está bem perto de dar um sorriso
Porém você dá um grito.

Ei você casa branca, ha ha
Adivinhe o que você é,
Grande ratazana orgulhosa da cidade
Adivinhe o que você é
Você está tentando manter seus sentimentos afastados da rua
Você é quase que um verdadeiro prazer
Os lábios encostadinhos e as pernas frias
E você se sente ofendida?

Você precisa deter a maré diabólica
E manter tudo isso aqui dentro
Mary você é quase um prazer
Mary você é quase um prazer
Mas você é um lamento.

Ovelha

Inocentemente passando seu tempo no pasto
Vagamente atento a um certo desconforto no ar
É melhor você tomar cuidado
Pode haver cães por perto
Eu examinei o (rio) jordão e vi
Que as coisas não são o que parecem ser.

O que você pretende fazer quando o perigo não for verdadeiro?
Submisso e obediente você segue o líder
Descendo os corredores em direção ao vale do aço
Oh que surpresa!
Um olhar de choque terminal em seus olhos
Agora realmente as coisas são o que parecem ser
Não, este não é nenhum pesadelo.

O senhor é meu pastor, e nada me faltará
Deitar me faz
Por verdes pastos
Guia-me mansamente á águas tranqüilas
Com uma faca afiada, ele liberta minha alma
Ele me faz pendurar em lugares altos
Ele me converte a costeletas de carneiro.**

Vejam só! ele tem grande poder e imensa fome
Quando chegar o dia, nós pessoas humildes
Através da reflexão silenciosa e grande dedicação
Mestre da arte do caratê
Olhem! nós surgiremos
E então faremos com que os olhos do sodomita lacrimejem.

Xingando e espumando, eu caí no pescoço dele com um berro
Ondas sob ondas do vingador insano
Marchei alegremente fora da obscuridade dentro de um sonho.

Você tem escutado os noticiários?
Os cães estão mortos!
É melhor você ficar em casa
E fazer como lhe disseram
Saia da estrada se você quer envelhecer

Os porcos voando (parte 2)

Você sabe que eu me importo com o que acontece com você
E eu sei que você se importa comigo
Por isso eu não me sinto sozinho
Com o mundo nas minhas costas
Agora que encontrei um lugar seguro
Para enterrar meu osso
E qualquer tolo sabe que um cachorro precisa de um lar
E abrigo dos porcos voando


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!