Letra da Música: Grande, Grande, Grande (português) - Julio Iglesias

Esse letra de Julio Iglesias já foi acessado por 380 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Às vezes como a vida és caprichosa
Não dá pra entender
Às vezes és o espinho de uma rosa
Ferindo um bem querer

Pareces egoista e orgulhosa
Não tens nenhum valor
Te tratas tão cheirosa e vaidosa
És o espinho e não a flor

Se bem que de repente mudas tanto
Que esse inferno faz-se azul
Num céu tão azul
Te fazes aos meus olhos grande, grande
Que acho que essa não és tu

Que lindo ver casais que a vida inteira
Não cansam de se amar
Amantes de mãos dadas tão felizes
Tu olhas sem notar

Se bem que repente mudas tanto
Que esse inferno faz-se azul
Num céu tão azul
Te fazes aos meus olhos grande, grande
Que acho que essa não és tu

Pensar que tu, pensar que tu me humilhas tanto

sem qualquer razão
Que já não sei, que já não sei se vou ou venho
Se te quero ou não

Te odeio e logo te amo e então te odeio e logo

te amo
E num instante eu
Esqueço todo o mal que me fizeste
E me entrego ao teu amor.


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!