Letra da Música: Salvador Não Inerte - Gal Costa

Esse letra de Gal Costa já foi acessado por 245 pessoas.

Comente

A música Salvador Não Inerte fez muito sucesso quando foi gravada por Gal Costa. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Gal Costa e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Olodum, negro elite
É negritude
Deslumbrante por ter magnitude
Integra no canto toda a massa
Que vem para a praça se agitar
Salvador se mostrou mais alerta
Com o Bloco Olodum a cantar
Lê lê ô
Lê lê lê ô
Lê lê lê ô
Ê aê a
Ê aê a
Lê lê lê ô
Lê lê lê ô
Ê aê a
Ê aê a
Aganjú, alujá, muito axé
Canta o povo de origem nagô
O seu corpo não fica mais inerte
Que o Bloco Olodum já pintou
Lê lê lê ô
Lê lê lê ô
Ê aê a
Ê aê a

Aganjú, alujá, muito axé
Canta o povo de origem nagô
O seu corpo não fica mais inerte
Que o Bloco Olodum já pintou
Lê lê ô
Lê lê lê ô
Ê aê a
Ê aê a
Lê lê lê ô


Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!