Letra da Música: Objeto Sim, Objeto Não - Gal Costa

Esse letra de Gal Costa já foi acessado por 291 pessoas.

Comente

A música Objeto Sim, Objeto Não fez muito sucesso quando foi gravada por Gal Costa. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Gal Costa e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Um objeto sim, um objeto não
Um objeto sim, um objeto não
Como Rômulo e Remo
Rômulo e Remo aparecerão
No mesmo dia, na mesma cidade
No mesmo clarão
Um surgindo do céu, outro vindo do chão
Um objeto sim, um objeto não
Eubioticamente atraídos
Pela luz do Planalto Central das Tordesilhas
Fundarão seu reinado nos ossos de Brasília
Das últimas paisagens
Depois do fim do mundo
É o reinado de ouro
Depois do fim do mundo
O reino de Eldorado
Depois do fim do mundo virão
Objeto sim, objeto não
Os lumiencarnados seres que esta terra habitarão
O inventivo SI, o inventido GUI
O inventido NI, o inventido FI
O inventado CA e mais uma porção
Dos inventivos significados novos seres que virão
Do fundo do céu, do alto do chão
Do fundo do céu, do alto do chão
Do fundo do céu, do alto do chão
Do fundo do céu...


Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!