Letra da Música: Merceditas - Gal Costa

Esse letra de Gal Costa já foi acessado por 250 pessoas.

Comente

A música Merceditas fez muito sucesso quando foi gravada por Gal Costa. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Gal Costa e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Que doce encanto traz à minha lembrança Mercedita
Minha flor e a mais bonita, que uma vez tanto amei
Há conheci no campo, há muito tempo, numa tarde
Onde crescem os trigais, província de Santa Fé

REFRÃO:
(e assim nasceu)
Nosso querer
(com ilusão)
Com muita fé
(mas eu não sei)
Porque a flor foi murchando até morrer
(e abandonei)
Um louco amor
(assim cheguei)
A compreender
(o que é querer)
O que é sofrer por ter lhe dado o coração


E como o vento errante nas coxilhas vai soprando
Um eco vago do meu canto
Vai lembrando aquele amor
Mas apesar do tempo já passado, és Mercedita
A lembrança que palpita
A minha triste canção

REFRÃO

Instrumental

REFRÃO

E como o vento errante nas coxilhas vai soprando
Um eco vago do meu canto
Vai lembrando aquele amor
Mas apesar do tempo já passado, és Mercedita
A lembrança que palpita
A minha triste canção

Há conheci no campo, há muito tempo, numa tarde
Onde crescem os trigais, província de Santa Fé


Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!