Letra da Música: Fim de Comédia/Infidelidade - Elizeth Cardoso

Esse letra de Elizeth Cardoso já foi acessado por 278 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Este amor quase tragédia
Que me fez um grande mal
Felizmente esta comédia
Vai chegando ao seu final
Já paguei todos pecados meus
E o meu pranto já caiu demais
Só te peço, pelo amor de Deus
Deixe-me viver em paz
E eu não quero me fazer de inocente
Porém não sou tão má como disseram por aí
Eu quero é meu sossego tão somente
Cada um trate de si

Aquele que considera
O amor uma quimera
Vive longe do sofrer
Tem sempre os olhos enxutos
Crê no amor de dez minutos
E nelas não devem crer
São falsas na maioria
E quando um homem confia em tudo que a mulher diz
Eis a traição consumada
Uma vida desgraçada
Um lar a mais infeliz
Gostei de uma criatura
Sem moral, sem compostura
Sem coração, sem pudor
Era o dono do negócio
Sem saber que havia um sócio
Na firma do nosso amor
Felizmente ainda alegra
Saber-se que em toda regra
Tem sempre a sua exceção
Não, não julgo todas por uma
Pode ser que haja alguma
Com pudor e coração


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!