Letra da Música: Negro, Negro - Edu Lobo

Esse letra de Edu Lobo já foi acessado por 206 pessoas.

Comente

A música Negro, Negro fez muito sucesso quando foi gravada por Edu Lobo. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Edu Lobo e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Nem a água será espelho
Nem a cinza negro, negro
Nem o vôo será um traço
Original e perfeito

Nem o riso será do louco
Nem o sacro será do luto
Nem o mal fruto do acaso
Nem o bem o mel do justo

Quando o negro, negro de seus olhos
Se espalhar na natureza
Nem aves de arribação
Habitarão a tristeza
Quando o negro, negro de seus olhos
Se espalhar na natureza
Nem aves de arribação
Habitarão

Sequer a forma do pó
O vivo dará ao morto
Nem o amargo da bôca
Dirá do amor o seu gosto

Eu não quero saber o nome
Da fera comum das ruas
A forma cruel de luas
Que ordinária nos consome

Quando o negro, negro de seus olhos
Se espalhar na natureza
Nem aves de arribação
Habitarão a tristeza
Quando o negro, negro de seus olhos
Se espalhar na natureza
Nem aves de arribação
Habitarão


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!