Letra da Música: Noite de hotel - Caetano Veloso

Esse letra de Caetano Veloso já foi acessado por 480 pessoas.

1.00 / 5 - 1
Comente

A música Noite de hotel fez muito sucesso quando foi gravada por Caetano Veloso. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Caetano Veloso e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Noite de hotel
A antena parabólica só capta videoclips
Diluição em água poluída
(E a poluição é química e não orgânica)
Do sangue do poeta
Cantilena diabólica, mímica pateta

Noite de hotel
E a presença satânica é a de um diabo morto
Em que não reconheço o anjo torto de Carlos
Nem o outro
Só fúria e alegria
Pra quem titia Jagger pedia simpatia

Noite de hotel
Ódio a Graham Bell e à telefonia
(Chamada transatlântica)
Não sei o que dizer
A essa mulher potente e iluminada
Que sabe me explicar perfeitamente
E não me entende
E não me entende nada

Noite de hotel
Estou a zero, sempre o grande otário
E nunca o ato mero de compor uma canção
Pra mim foi tão desesperadamente necessário


Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!